Projetos usando motores de passo de discos rígidos

Escrito por tony oldhand | Traduzido por allan magalhães
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Projetos usando motores de passo de discos rígidos
Os motores de passo dos discos rígidos podem ser usados na robótica (robot-sculpture. hippopotamus image by Rina from Fotolia.com)

Compactos e potentes, os motores de passo, utilizados em discos rígidos -- capazes de realizar uma rotação completa com múltiplos passos -- se adaptam facilmente a vários usos. Além de motores elétricos extremamente eficientes e versáteis, eles também podem ser usados como geradores: ao girar o seu eixo, energia elétrica é produzida.

Outras pessoas estão lendo

Remoção do motor

É preciso remover com cuidado o motor da carcaça do disco rígido para usá-lo. A maioria dos discos utilizam pequenos parafusos do tipo torx para prender a carcaça, e removê-los requer chaves torx, que custam pouco e podem ser encontradas em lojas de ferramentas ou material elétrico. Depois de remover a carcaça, corte ou dessolde com cuidado os fios que se ligam ao motor, deixando-os com o maior comprimento possível. Alguns discos rígidos possuem conectores de encaixe nos terminais do motor, tornando o trabalho ainda mais simples, sendo preciso apenas desconectá-los.

Critérios do controlador

Para usar o motor de passo em algum projeto, será necessário fazer ou adquirir um controlador para ele. Cada bobina se conecta em um terminal de saída do controlador, e a programação faz o motor funcionar. O site da Universidade do Estado da Califórnia, Long Beach, oferece um tutorial sobre como fazê-lo (veja em recursos), mas controlá-los requer um conhecimento aprofundado em eletrônica. A melhor característica dos motores de passo -- o controle preciso do posicionamento -- permite, por exemplo, fazer o motor girar 100 vezes e então parar. Por esse motivo eles possuem uma grande importância na robótica.

O motor como um gerador

Se o eixo for girado, o motor se tornará um gerador, produzindo tensão. A voltagem da saída não é significante, pois o motor é pequeno. Contudo, é possível alimentar lâmpadas LED usando o motor para construir um moinho de vento ou ligando ele em um motor à vapor em miniatura. O fundamental é experimentar e descobrir como é possível girar o eixo, com o objetivo de determinar a voltagem máxima obtida através do método utilizado. O site da Technical Library oferece alguns circuitos de saída simples para obter corrente contínua consistente, e um técnico em eletrônica poderá auxiliá-lo com a fiação.

Especificações da bobina

Para definir as especificações das bobinas do motor, é preciso entrar em contato com o fabricante do disco rígido do qual ele foi removido. O fabricante pode considerar essas informações como confidenciais e recusar compartilhá-las. Se for o caso, um técnico em eletrônica qualificado poderá ajudá-lo a determinar quais bobinas se alinham com quais terminais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível