Propósito do revestimento das garras do gato

Escrito por clayton yuetter | Traduzido por luana santos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Propósito do revestimento das garras do gato
Os revestimentos abrigam as garras quando não estão em uso (Martin Poole/Digital Vision/Getty Images)

Há muitos equívocos quando se trata de características das garras dos gato, especialmente a função do revestimento. Este serve a vários propósitos distintos e permite vantagens específicas em relação a outros animais com garras que não os possuem. Muitas vezes, quando um dono acha que uma garra foi rasgada, na verdade é um revestimento que naturalmente caiu.

Outras pessoas estão lendo

Abriga as unhas

É um erro comum que as garras de um gato retraem dentro do revestimento quando não estão em uso. Na verdade, quando o animal está relaxado a unha fica naturalmente dentro do revestimento. Em uso, as garras saem desta capa. Ela serve como um lugar de descanso para as unhas e as impede de prender na superfície dos objetos que o gato não quer agarrar. Caso contrário, ele teria dificuldade simplesmente em andar pelo tapete.

Mantém as garras afiadas

Animais que têm garras permanentes têm de lidar com o desgaste diário. Em alguns casos, isto pode afetar a saúde e a sobrevivência. Os gatos, no entanto, não têm as garras fixas. Em vez disso, seus velhos revestimentos de garras são constantemente substituídos por novas garras afiadas debaixo deles. Por esta razão, as garras de um gato nunca ficam sem corte. O revestimento atual sempre abriga unhas afiadas debaixo dele.

Remove revestimentos velhos

Gatos gostam de arranhar móveis e outras superfícies, fazendo um poste necessário. Quando um felino passa as garras vigorosamente no carpete ou tecido, o erro é achar que ele está "afiando-as". O termo mais correto, no entanto, é apurar. O felino está removendo os velhos e desgastados revestimentos para chegar às novas garras afiadas debaixo deles. Pode-se notar os antigos revestimentos no poste ou no tapete. Parece que uma garra foi arrancada, mas na verdade é um revestimento que estava pronto para ser substituído.

Supercrescimento do revestimento

Em alguns casos, os revestimentos velhos não são removidos e, em vez disso, continuam a crescer e se enrolar em volta da almofada do pé. Isso é mais comum em gatos velhos ou sujos, que não se limpam ou têm atividade física insuficiente. Para evitar isso, mantenha as unhas dos gatos mais velhos aparadas. Se uma unha ficar incorporada devido à falha de troca do revestimento, é melhor pedir um veterinário para removê-la.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível