Propriedades de retenção de calor do óleo mineral

Escrito por ken burnside Google | Traduzido por luiz neves
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Propriedades de retenção de calor do óleo mineral
O óleo mineral é um subproduto comum do refino de óleo (Oilfield Pump Jack in Texas Oil Patch image by Doodlebugs from Fotolia.com)

Os óleos minerais são destilados do petróleo e um subproduto do refino do óleo. Eles são feitos principalmente de compostos de parafina e alcanos. Apesar de existirem várias categorias e pesos de óleo mineral, a maioria deles possui uma densidade de cerca de 0,8 g/cm³ (menos densos que a água). O óleo mineral, como qualquer outro líquido, possui propriedades térmicas e de retenção de calor. Esse composto é usado porque é líquido em uma ampla faixa de temperaturas e tem baixo custo.

Outras pessoas estão lendo

Temperaturas de congelamento e viscosidade

A maioria dos óleos minerais possui um ponto de fusão que varia de -22 ºC até -35ºC. Muito antes de congelar, o óleo mineral fica muito viscoso — na temperatura ambiente, o óleo mineral é levemente mais viscoso que a água; em 0ºC, ele possui uma consistência que lembra o mel. A densidade e alta viscosidade do óleo mineral são componentes úteis para certos tipos de sistemas de resfriamento. O composto é passado por um condensador para resfriá-lo e, então, forçado através de finos tubos para carregar o calor para longe de certos pontos.

Capacidade calorífica específica

A capacidade calorífica específica é uma medida de quanta energia é necessária para aumentar a temperatura de 1g de amostra em 1ºC. Isso é usado na engenharia para determinar a efetividade de um fluido como meio de transferência de calor. A água, por exemplo, possui uma capacidade de transferência de calor de 1 cal/g a cada 1ºC, ou 4,186 J/g por grau Celsius de mudança de temperatura. Em comparação, a capacidade calorífica específica do óleo mineral é de 1,67 J/g.ºC (o joule é uma unidade de energia). Isso significa 0,4 calorias por grau de mudança de temperatura.

Ponto de ebulição e intervalo de fase líquida

O óleo mineral ferve (dependendo da categoria) a temperaturas de 173ºC a 177ºC. O ponto comumente usado é o de 175ºC, que é a temperatura em que o óleo mineral líquido recém-introduzido se vaporiza em contato com uma superfície. Como o óleo mineral permanece líquido em temperaturas menores, mesmo aumentando a viscosidade, e continua líquido em temperaturas maiores que a do ponto de ebulição da água, as propriedades térmicas e de retenção de calor do óleo mineral fazem com que ele seja amplamente usado como a base da maioria dos lubrificantes industriais e de máquinas.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível