Mais
×

Usos do óleo de crisântemo

Atualizado em 21 fevereiro, 2017

Uma vez símbolo da realeza japonesa, a planta de crisântemo tem sido valorizada por suas belas flores durante séculos. O óleo do crisântemo também tem muitos usos. O óleo essencial extraído da planta de crisântemo tem sido muito utilizado como um pesticida orgânico totalmente natural e como repelente de insetos. O óleo e seu extrato também têm sido empregados ​​na fitoterapia por suas propriedades antibacterianas e antibióticas e têm um cheiro agradável.

O óleo de crisântemo tem muitos usos na medicina alternativa (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Repelentes de insetos

O óleo de crisântemo contém uma substância química chamada "piretro", que repele e mata insetos, especialmente os pulgões. Infelizmente, ela também pode matar os insetos que são benéficos para as plantas, por isso deve haver cuidado durante a pulverização dos produtos que contém piretro nos jardins. Os repelentes de insetos para os seres humanos e animais de estimação também contêm, frequentemente, a substância. Você também pode fazer seu próprio repelente de insetos através da mistura de óleo de crisântemo com outros óleos essenciais aromáticos como alecrim, sálvia e tomilho. No entanto, alergias ao crisântemo são comuns, por isso, as pessoas devem sempre testar produtos naturais antes de utilizá-los na pele ou internamente.

Colutório antibacteriano

Os estudos têm mostrado que os compostos químicos ativos no óleo de crisântemo, incluindo pineno e tujona, são eficazes contra bactérias comuns que vivem na boca. Devido a isso, o óleo de crisântemo pode ser um componente dos colutórios naturais antibacterianos ou utilizado para combater infecções na boca. Alguns especialistas em medicina de ervas recomendam o uso do óleo de crisântemo como um antibacteriano e antibiótico. O seu chá também tem sido utilizado por suas propriedades antibióticas na Ásia.

Gota

Os cientistas estudaram quantas ervas e flores como o crisântemos são utilizadas na medicina chinesa para ajudar a combater certas doenças como diabetes e gota. Estudos mostraram que o extrato da planta de crisântemo, juntamente com outras ervas como a canela, são eficazes no tratamento da gota. Os ingredientes ativos presentes no óleo de crisântemo podem inibir uma enzima, o que contribui para a gota. Isso não significa que os pacientes com gota devem ingerir o óleo de crisântemo, no entanto. Todos os remédios à base de ervas devem ser discutidos com um médico antes de serem ingeridos.

Fragrância

Em virtude de sua fragrância agradável, as pétalas secas da flor de crisântemo têm sido usadas ​​em potpourries e para refrescar lençóis por centenas de anos. O óleo de crisântemo também pode ser utilizado em perfumes ou velas perfumadas. O cheiro é leve e florido, sem ser pesado.

Outros nomes

Como existem muitas flores e espécies diferentes de ervas sob o nome latino "crisântemo", o óleo essencial pode ser rotulado como uma outra planta. Os especialistas em ervas e os perfumistas também chamam de tanásia, de matricária e de balsamita. O óleo essencial de crisântemo pode ser listados em livros de ervas medicinais e lojas sob qualquer um desses nomes. Verifique sempre o nome latino de todas as plantas antes de comprar os óleos essenciais.

Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article