Quais alimentos ajudam uma mulher a ganhar tecido mamário?

Escrito por contributing writer | Traduzido por ana rodrigues
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais alimentos ajudam uma mulher a ganhar tecido mamário?
É verdade que alguns alimentos contêm hormônios como substâncias que podem afetar o crescimento dos seios, mas se isso fosse tão fácil, muitos cirurgiões plásticos estariam desempregados (Image: Patrick J. Lynch, medical illustrator; C. Carl Jaffe, MD, cardiologist, license http://creativecommons.org/licenses/by/3.0/)

Se um alimento pudesse fazer uma mulher ganhar tecido mamário, as prateleiras dos supermercados estariam vazias em um curto espaço de tempo. Em nossa cultura, onde nada simboliza a feminilidade tanto quanto os seios femininos, qualquer caminho mais fácil para um busto maior sempre será uma certeza de venda. É verdade que alguns alimentos contêm hormônios como substâncias que podem afetar o crescimento dos seios, mas se isso fosse tão fácil, muitos cirurgiões plásticos estariam desempregados.

Outras pessoas estão lendo

Duração

O tecido mamário de uma mulher cresce de forma mais dramática na puberdade, quando os níveis de estrogênio estão em alta. Além disso, durante a adolescência, outros hormônios pituitários fazem os receptores de estrogênio no tecido mamário especialmente sensíveis a ele, o que resulta em um ganho de tecido mamário que não pode ser repetido mais tarde na vida. Outros fatores afetam o tamanho da mama, ou seja, a disposição de gordura no corpo. As mulheres que têm mais gordura na zona do peito terão seios maiores. No entanto, essa gordura é separada a partir de tecidos da mama funcionais, e não responde aos hormônios de forma diferente da gordura localizada em outras partes do corpo.

Significado

Se os níveis de estrogênio aumentarem mais tarde na vida, seja naturalmente, como na gravidez, em determinados momentos da ovulação de uma mulher em seu ciclo ou por meio de suplementação de estrogênio, os tecidos mamários incharão, mas o aumento no tamanho diminui quando os níveis de estrogênio novamente são reduzidos. Na gravidez, o corpo de uma forma global sofre o ganho de gordura, como também o aumento do tamanho dos seios.

Potencial

Embora o hormônio estrogênio gonadal seja encontrado apenas em animais, algumas plantas contêm outras substâncias químicas muito semelhantes, chamadas fitoestrogênios. Os fitoestrogênios são divididos em isoflavonas, flavonoides e ligninas. No corpo humano, eles comportam-se de forma semelhante ao estrogênio humano. Portanto, comer uma grande quantidade de fitoestrgênios pode estimular os tecidos mamários.

Tipos

Alguns dos alimentos ricos em fitoestrogênios são os derivados da soja, sementes de linhaça e de gergelim. Alho, damascos secos, batata-doce, romã, homus, azeite de oliva e amendoim contêm alguns fitoestrogênios, mas muito menos do que as sementes de linho ou de soja. Os suplementos de ervas que contêm fitoestrógenos são saw palmetto, dong quai, trevo vermelho e inhame selvagem.

Considerações

Além de serem vendidos como supostos suplementos para o crescimento da mama, os fitoestrogênios são apregoados por sua capacidade potencial para diminuir os sintomas da deficiência de estrogênio e menopausa. Alguns defensores de fitoestrogênios ainda acreditam que eles podem ajudar a prevenir a perda óssea após a menopausa. No entanto, eles podem estimular as células do câncer de mama sensíveis ao estrogênio. Assim, as mulheres que têm câncer de mama ou que estão em risco para ele não devem comer uma grande quantidade de alimentos ricos em fitoestrogênios.

Benefícios

Comer grandes quantidades de alimentos ricos em fitoestrogênios pode resultar em um ligeiro inchaço do tecido mamário, mas nem o estrogênio, nem os fitoestrogênios causarão um aumento dramático no tecido da mama. Além disso, o consumo de fitoestrógenos na puberdade não mudará o tamanho final dos seios de uma mulher, uma vez que o tamanho do peito é em grande parte determinado geneticamente.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível