Quais são as características de práticas de alfabetização exemplares em sala de aula?

Escrito por audrey farley | Traduzido por raquel l. pontes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as características de práticas de alfabetização exemplares em sala de aula?
A alfabetização começa antes do aprendizado formal (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A alfabetização é uma tarefa árdua para educadores, pois os estudantes têm diferentes habilidades e necessidades. Além disso, eles também possuem necessidades culturais e de aprendizado diversas, que a alfabetização deve respeitar. Práticas em alfabetização exemplares em sala de aula promovem o progresso linguístico e no aprendizado, enquanto reconhecem uma grande variedade de necessidades.

Outras pessoas estão lendo

Literatura diversa

Em práticas exemplares em sala de aula, o currículo inclui uma grande variedade de materiais que correspondem às necessidades de alfabetização de alunos e que os interessa. Os materiais devem motivar os alunos a desenvolver habilidades. Estudantes mais jovens devem ser expostos à um grande número de gêneros e material impresso incluindo jornais, revistas, menus, folhetos de viagem e livros. Materiais de leitura diversos expandem o vocabulário e a experiência linguística, mostrando aos alunos que o mundo se expande por meio da linguagem.

Diversidade cultural

Na prática exemplar, o currículo abarca a diversidade cultural, permitindo que os estudantes desenvolvam habilidades básicas de alfabetização que já aprenderam em ambientes sociais antes do ensino formal. O currículo deve apoiar a diversidade de estudantes apoiando o contexto adquirido de habilidade de alfabetização. Além disso, deve promover a interação social para aumentar o envolvimento dos alunos e expô-los a novas compreensões e visões.

Avaliação efetiva e justa

As avaliações de alfabetização em práticas exemplares em sala de aula apoiam e guiam a instrução. Elas são usadas para fornecer informações para professores e alunos. Avaliações de classes inteiras fornecem informações aos professores sobre a eficácia da instrução. As individuais indicam os pontos fortes, fracos e que precisam ser melhorados em um determinado aluno. É ideal que as avaliações sejam variadas - escritas, orais e realizadas por alunos - uma vez que testes padrão não são sempre os indicadores mais confiáveis de progresso e habilidade. Avaliações devem testar o material apresentado em sala de aula, ao invés de conhecimentos prévios de conceitos.

Níveis de alfabetização

Os professores reconhecem o nível de alfabetização de cada aluno e selecionam material apropriado para cada um. Cada estudante deve ser desafiado, mas deve ser instruído e avaliado em um nível compatível com suas habilidades. Estudantes não desafiados e aqueles que são desafiados em excesso não irão progredir. Os professores devem acomodar a necessidade de alfabetização e aprendizado diferente de cada aluno designando individualmente livros e materiais para prática.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível