Conhecimento

Quais são os fatores abióticos e bióticos que influenciam os ursos-polares?

Escrito por jenny e | Traduzido por ricardo soares
Quais são os fatores abióticos e bióticos que influenciam os ursos-polares?

Os ursos-polares se camuflam em seu ambiente

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Fatores bióticos e abióticos são termos ecológicos usados ​​para descrever os seres vivos e não vivos de um ecossistema. Fatores bióticos são os seres vivos que compõem um ecossistema, como plantas e animais. Fatores abióticos são a matéria inanimada ou fatores químicos em um ecossistema, como o clima. O ecossistema natural de um urso-polar é a tundra ártica.

Outras pessoas estão lendo

Frio

A primeira coisa que vem à mente quando a região do Ártico é mencionada é o frio. Isso ocorre porque essa região está localizada no Polo Norte, uma região que é sinônimo de frio extremo e seus efeitos resultantes. O frio é um fator abiótico que afeta os ursos-polares de várias maneiras. Eles se adaptaram para sobreviver no frio do Ártico através do crescimento de pelos longos e grossos. Eles também têm uma espessa camada de gordura conhecida como banha, diretamente debaixo de sua pele, para ajudá-los a se manterem aquecidos no frio. Eles têm orelhas pequenas, e essa adaptação ajuda a prevenir a perda de calor através delas. Os pelos rígidos de suas patas ajudam a proporcionar-lhes o isolamento da neve fria.

Neve

A neve é ​​um fator abiótico no ecossistema Ártico. Ao contrário de outros ursos nas partes mais quentes do mundo, os ursos-polares têm o pelo branco. Isso serve para ajudá-los a camuflar-se na neve em seu habitat natural. Essa adaptação é necessária por causa do seu enorme tamanho. Qualquer outra cor faria com que eles fossem avistados facilmente em seu ambiente e comprometeria sua capacidade de caçar. O cabelo eriçado em suas patas acolchoadas também serve para proporcionar maior tração na neve, permitindo-lhes obterem uma melhor aderência.

Água

A água é um fator abiótico na região do Ártico. Os ursos-polares são fortes nadadores. Eles mergulham em buracos no gelo para caçar peixes e focas. Suas patas servem como remos para impulsioná-los através da água. Suas narinas se fecham quando estão submersos, impedindo qualquer inalação acidental de água. A espessa camada de gordura ajuda a protegê-los de hipotermia. O pelo dos ursos-polares fica plano e perto da pele, servindo como uma espécie de barreira à prova d'água, enquanto estão nadando.

Focas

As focas são componentes bióticos da região do Ártico. Focas-barbudas e aneladas compõem uma grande parte da dieta do urso-polar. Eles se adaptaram para caçá-las em seu habitat natural por espreitar os buracos no gelo nos quais elas emergem periodicamente para descansar. O longo focinho do urso-polar é bem adequado para procurar as focas nesses locais. As patas traseiras desenvolvidas permitem que ele possa arrastar as focas de um buraco no gelo, e a forte mandíbula permite que ele esmague o crânio da foca

Não deixe de ver

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media