Quais países impuseram barreiras aos alimentos trangênicos?

Escrito por ann trent | Traduzido por bruno queiroz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais países impuseram barreiras aos alimentos trangênicos?
Alimentos trasngênicos geram polêmicas em vários países (Thomas Northcut/Digital Vision/Getty Images)

Alimentos geneticamente modificados, ou transgênicos, são produtos vegetais, animais ou outro tipo alimentício que tiveram seus genes alterados para criar raças e variedades de plantas e animais que não existem naturalmente no ambiente. Enquanto muitos países têm aceitado esses tipos de alimento, outros proibiram a produção e a venda deles e criaram regras que exigem que haja um controle sobre esses alimentos.

Outras pessoas estão lendo

Africa

Na África, tanto a Argélia como o Egito têm leis que restringem os alimentos transgênicos. Na Argélia, tanto o plantio quanto a distribuição desses alimentos é ilegal, enquanto no Egito, eles devem ser aprovados antes de serem distribuídos.

Ásia

Na Ásia, o Sri Lanka, Tailândia, China, Japão e Filipinas todos têm leis que restringem os alimentos transgênicos. Tanto o Sri Lanka como a Tailândia tem proibições para importação desses alimentos desde de 2011, enquanto os demais países citados apenas recentemente aplicaram essas proibições.

Europa

Na Europa, a Noruega, Áustria, Alemanha, Reino Unido, Espanha, Itália, Grécia, França, Luxemburgo e Portugal também estabeleceram limitações quanto aos transgênicos. A França deu um passo importante no movimento anti-transgênico, rotulando os alimentos naturais com o selo de "GMO-free" (alimento não modificado). A Irlanda proibiu todo cultivo e colheita de alimentos geneticamente modificados e a União Europeia - uma coalizão entre os governo dos países europeus - tem considerado a nível europeu, a proibição de alimentos transgênicos.

Oriente Médio

No Oriente Médio, a Arábia Saudita proibiu cultivo dos alimentos transgênicos e a importação de trigo geneticamente modificado.

As Américas

Enquanto os Estados Unidos em grande parte, permite o cultivo e a importação de alimentos transgênicos e não exige a rotulagem de alimentos, os países sul-americanos, como Brasil e Paraguai, têm restrições acerca desses alimentos.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível