Quais partes do corpo são controladas pela medula sacral?

Escrito por michael mason | Traduzido por lucas martins
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais partes do corpo são controladas pela medula sacral?
O sacro fica atrás da pelve (Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images)

A região sacral, ou sacro, está localizada atrás da pelve e consiste em cinco vértebras sacrais unidas no ser humano adulto. Ela forma a parede traseira da pelve e é conectada ao cóccix em seu final. Quatro pares de aberturas são encontradas nos lados do sacro para permitir a passagem de nervos sacrais. Alguns nervos sacrais junto com alguns nervos lombares se juntam para formar o plexo sacral e o nervo ciático

Outras pessoas estão lendo

Plexo sacral

O plexo sacral e o nervo ciático proporcionam nervos sensoriais e motores para a parte da pelve, a parte de trás das coxas e a parte inferior das pernas e os pés. A área entre a última vértebra lombar e o sacro sofre uma grande quantidade de esforço por causa da torção e flexão do corpo, pois a dobra se encontra nessa parte. Isso pode causar hérnia de disco, que coloca pressão sobre o nervo, causando dor extrema em algumas áreas controladas por essa região, comumente chamada ciática. Pessoas que sofrem de osteoporose ou artrite reumatoide são mais propensas a fraturas por estresse e fadiga no sacro e à dor ciática.

Função retal

O controle dos músculos retais é afetado pelo nervo pudendo, um dos nervos sacrais. Quando o reto recebe os dejetos provindos do cólon, ele se comprime em uma massa sólida chamada fezes. Quando o reto está cheio e pronto para ser esvaziado, o nervo envia um sinal ao cérebro pelos chamados receptores sacrais. Quando o corpo está pronto para evacuar as fezes, um sinal é enviado para o esfíncter anal, que normalmente atua como um tampão. Os músculos do esfíncter são então relaxados e os músculos retais forçam as fezes para fora do corpo. Quando há problemas com os nervos sacrais, pode-se causar escoliose ou hemorroidas.

A função da bexiga

O nervo pudendo também controla a funcionalidade da beixiga quase do mesmo jeito que a função dos órgãos retais. A bexiga recebe os dejetos dos rins pelos uretéres. Quando a bexiga se enche, a distenção estimula os receptores de estiramento, que enviam um sinal para o cérebro pelos nervos sacrais. A urina sai da bexiga pela uretra, que tem dois esfíncteres, fechados quase do mesmo jeito que o esfíncter anal se fecha no reto. Quando a urina está pronta para ser ejetada, o cérebro envia um sinal pelos nervos sacrais para relaxar os esfíncteres, esvaziando assim a bexiga.

Neuralgia do pudendo

O nervo pudendo também supre os genitais masculinos e femininos, e no clímax sexual, é a rota pela qual as sensações de orgasmo nos dois sexos são transmitidas ao cérebro. Um parto difícil ou até mesmo o ato de andar de bicicleta pode comprimir esse nervo, dando uma transitória perda de função. A ereção peniana também é causada por um estímulo dos nervos sacrais, e um dano ou uma pressão no nervo sacral pode ser uma das causas de disfunção erétil.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível