Quais são as principais causas das correntes oceânicas profundas?

Escrito por kristin swain | Traduzido por anderson gandor
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais são as principais causas das correntes oceânicas profundas?
As correntes em águas rasas, como as próximas das praias, são consideradas correntes superficiais (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

O oceano possui correntes superficiais e correntes profundas. Correntes superficiais são aquelas que existem acima de 400 m de profundidade. Entre elas está a Corrente do Golfo, no Golfo do México. Outras correntes oceânicas, aquelas que existem abaixo de 400 m, são conhecidas como correntes profundas. Elas totalizam quase 90% de toda água do oceano. As correntes oceânicas profundas podem ser chamadas de circulação termoalina e são medidas em Sverdrup. Um Sv é equivalente a um fluxo de um milhão de metros cúbicos por segundo.

Outras pessoas estão lendo

Temperatura

A temperatura é um fator importante para a ocorrência das correntes profundas. Ela afeta a velocidade do fluxo das correntes, aumentando ou diminuindo a densidade da água. As correntes superficiais se movem em velocidades diferentes das corrente profundas porque a água na superfície esquenta ou esfria mais rapidamente por causa do sol. Como a temperatura sofre grandes variações ao longo da superfície da Terra, em função da distância relativa do sol, ocorre também uma grande variação nas águas profundas, permitindo que as correntes oceânicas profundas corram em diferentes velocidades à medida que muda a latitude.

Densidade

A densidade das águas profundas nos oceanos ajuda a determinar a velocidade na qual a água consegue se mover enquanto é levada pela corrente. Ela é calculada utilizando a temperatura e a salinidade da água, podendo fazer com que as águas profundas sejam mais pesadas ou mais leves, aumentando ou diminuindo o fluxo da corrente de água. Águas mais frias fazem com que a densidade aumente, tornando mais difícil para a corrente empurrar a água, e reduzindo efetivamente sua velocidade. A mesma coisa acontece com águas profundas que possuam uma salinidade alta. O sal acrescenta peso à água, fazendo com que ela se mova mais vagarosamente. Remover o sal e aquecer a água irá acelerar a corrente.

Fluxos de água fresca

Fluxos de água fresca têm algum efeito no movimento das correntes oceânicas profundas. Eles ocorrem quando uma fonte de água fresca que se deposita no oceano altera a velocidade da corrente. Estas mudanças podem acontecer em função de chuva, seca, barragem e movimento de barcos e outros equipamentos ao longo da superfície da fonte de água fresca. Um nítido aumento na quantidade de água fresca depositada no oceano, dependendo da densidade da água, pode aumentar a velocidade de uma corrente profunda, enquanto uma diminuição irá retardar a corrente.

Gravidade

A gravidade é uma das principais responsáveis pelas correntes profundas no oceano. A força gravitacional da Terra afeta as correntes, assim como a posição da Lua, em qualquer momento. Esta força ajuda a manter as correntes profundas em constante movimento. A gravidade também ajuda a determinar o modo pelo qual as correntes correm através da bacia oceânica. Elas são puxadas na direção da força gravitacional. Mudanças na força gravitacional, que podem fazer com que as correntes corram mais rápido ou alterem a direção, podem causar inundamentos na parte terrestre.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível