on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Quais são os princípios básicos do capitalismo?

Atualizado em 17 abril, 2017

O capitalismo é um sistema de teoria e economia que surgiu durante a Revolução Industrial dos séculos 18 e 19 e é exemplificado pelo economista escocês Adam Smith, em 1776, no livro "A Riqueza das Nações". O capitalismo, desde então, se estabeleceu como diretor da teoria econômica do mundo. No século 21, ele existe, de uma forma ou de outra, na maioria dos países do mundo e é guiado por alguns princípios básicos.

Sob o capitalismo, todo mundo está tentando ganhar dinheiro (Thinkstock/Comstock/Getty Images)

Lucro

O princípio mais básico do capitalismo é o lucro: o desejo dos indivíduos pela acumulação do máximo de capital e recursos quanto possível através do emprego de esforço ou de uma menor quantidade de recursos. O motivo do lucro inclui os capitalistas que decidem investir seu capital e recursos na esperança de ver um grande retorno, bem como os trabalhadores que trabalham para outra pessoa, mas que desejam ganhar dinheiro para si.

Loading...

Propriedade privada e ação individual

O capitalismo depende da propriedade privada do capital e dos recursos, bem como do poder de ação individual. A ideia é que, como os indivíduos são suficientemente motivados pelo lucro, eles têm o poder de escolher se gostariam de trabalhar ou investir e, caso afirmativo, em quê; eles são os donos do seu próprio capital e recursos e podem empregá-los para promover seus próprios fins. Pensa-se que, se os recursos estivessem nas mãos do Estado, os indivíduos não teriam a oportunidade adequada para tomar decisões capitalistas, porém, se os recursos estivessem nas mãos de outra pessoa, esses indivíduos deveriam trabalhar até que possuíssem os recursos eles mesmos.

Competição e concurso darwinista

Segundo a teoria capitalista, a concorrência é um componente necessário para um sistema capitalista saudável. Cada real é considerado um voto, e os consumidores gastam dinheiro a qualquer hora, estão votando por qualquer item ou empresa que forneça um melhor produto, serviço ou experiência. Os indivíduos e as empresas tentam capturar a maioria dos votos. Ao mesmo tempo, aqueles que não ganham dinheiro ou votos são considerados fracos nesse concurso darwinista e espera-se que sejam eliminados. No entanto, para evitar monopólios, que são considerados prejudiciais para a prática capitalista, espera-se que outros novos concorrentes sejam espontaneamente elevados para ocupar os lugares dos derrotados.

Oferta e demanda

Pensa-se que o capitalismo é governado por uma "mão invisível", impulsionado pela oferta e procura no livre mercado. Em outras palavras, os indivíduos e as empresas de sucesso trabalham individualmente e com ações descoordenadas para atender às necessidades do mercado. Por exemplo, se os capitalistas produzem algo que ninguém está interessado em comprar, espera-se que eles percam dinheiro, mas, se produzem algo que muitas pessoas desejam, então, espera-se que eles atendam a uma necessidade do mercado e ganhem lucro.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...