Quais problemas os adolescentes enfrentam no divórcio dos pais

Escrito por cindi pearce | Traduzido por camille sampaio
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Quais problemas os adolescentes enfrentam no divórcio dos pais
O divórcio pode ser difícil para as crianças (Jupiterimages/Comstock/Getty Images)

Crianças de pais divorciados, geralmente tendem a ter mais problemas de comportamento, dificuldades na escola, problemas com cologas e negatividade consigo mesmas, como também mais dificuldade de se relacionar com seus pais do que crianças de pais não divorciados. Isso não significa que todas as crianças com pais divorciados vão sofrer, mas algumas vão. A maioria das crianças consegue se adaptar e passar com sucesso por essa mudança, de acordo com um relatório de extensão da Universidade Estadual de Ohio

Outras pessoas estão lendo

Uma perda

Perder um dos pais para o divórcio significa que a criança perde contato com ele. Essa situação implica na perda de recursos emocionais e financeiros que esta pessoa oferecia a ela antes do divórcio.

Dinheiro

O divórcio pode resultar em dificuldades econômicas, que afetam a criança. Os recursos financeiros que estavam disponíveis antes podem não estar mais depois, o que pode impactar o estilo de vida da criança. Ela pode não poder mais fazer atividades que fazia antes, como ter aulas de música.

Estresse

Crianças podem se estressar devido a vários fatores, como mudança de escola, mudança de casa e perda de amigos. Se o pai ou a mãe se adaptar bem e fizer esforços para ajudar a criança se adaptar também, as tentativas certamente são benéficas para a criança e diminuem o estresse. Entretanto, se o nível de estresse do pai ou da mãe for alto e a sua saúde mental não estiver boa, a fase de adaptação provavelmente será difícil para todos os envolvidos. O pai ou a mãe deve tentar o seu melhor para permanecer competente e eficaz como um pai após o divórcio. As diferenças nas crianças de famílias divorciadas e de famílias não divorciadas diminui quando o pai ou a mãe lida bem com a adaptação. Também pode acontecer de pai e a mãe se adaptarem bem á situação porque a criança já está bem ajustada, o que facilita para os pais.

Pai ou mãe sem custódia

Crianças lidam melhor se o pai ou mãe que não tiver a custódia do filho continue ativo em suas vidas. Não é a quantidade de tempo que passa com a criança, mas a qualidade e o que eles fazem juntos. Ajudar uma criança com lição de casa é uma atividade que pode ser feita pelos pais que não possui a guarda da criança.

Conflito

Conflito entre os pais é estressante para as crianças e têm impactos em seu bem estar. O estresse pode se acumular e às vezes resulta em gravidez na adolescência e desistência dos estudos, ou mesmo problemas comportamentais. Se a criança enfrentar vários divórcios, essa situação é ainda mais problemática para seu bem estar.

Conversa

As crianças às vezes pensam que causaram a briga de seus pais e assumem a responsabilidade de juntar os pais novamente, de acordo com a Academia Americana de Psiquiatria de Crianças e Adolescentes. Fale com a criança sobre o divórcio para diminuir seus medos e ajudar a entender que este conflito não é sua culpa. Ela não é a causa do divórcio. É importante que os pais expliquem à criança o que está acontecendo e o que acontecerá no futuro. Dessa forma, a criança não interpretará as circunstâncias de forma errada e não pensará que é responsável. Conforte seu filho.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível