Queda de pelo em Yorkshire Terriers de seis anos de idade

Escrito por kyle richtig | Traduzido por deise ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Queda de pelo em Yorkshire Terriers de seis anos de idade
Yorkshire Terrier sem queda de pelo (tired dog image by MichMac from Fotolia.com)

O yorkshire terrier é um cachorro de raça pura que pode sofrer de queda de pelos -- um sintoma de um problema sério. Em doenças e distúrbios que apresentam queda, esse sintoma podem ser de natureza hereditária. Quando esse tipo de cachorro o apresentar, o animal deve ser levado a um veterinário qualificado para que seja feito um diagnóstico adequado.

Outras pessoas estão lendo

Visão geral da raça

O Yorkshire terrier, originário de Yorkshire, na Inglaterra, é classificado como um cão pequeno pelo American Kennel Club e foi reconhecido pela primeira vez em 1885. Os cães da raça, como os outros de raça pura, estão predispostos a muitas doenças, como falhas protossistêmicas, hipotireoidismo canino e insuficiência renal. Eles também sãoconhecidos como "Yorkies" e correm o risco de lesão física generalizada (ossos quebrados por quedas, etc), devido à sua pequena estatura.

Queda dos pelos

A queda de pelos em Yorkshire terriers é tipicamente um sinal grave de doença e deve ser revista por um veterinário qualificado. O sintoma pode variar na aparência. Os pelos podem afinar em zonas específicas dos tons de azul ou castanho da pelagem (normalmente em cães mais jovens cerca de seis meses de idade), ou começar no baixo-ventre e mover para cima em direção ao topo das costas do cão. A queda não é normal e é normalmente o primeiro sinal de alerta.

Causas

A queda de cabelo em animais Yorkshire terrier pode ser resultado de várias condições, incluindo, mas não se limitando a, doença de Cushing (geralmente causada por tumores na glândula pituitária ou da tireoide) e diluição da cor / mutante e alopecia, que faz com que os pelos sejam restritos ou apenas finos, geralmente seguidos por uma foliculite secundária (irritação / espinhas). Escovagem excessiva da pelagem do animal pode ser uma das causas dessa queda. Consulte o seu veterinário sobre a quantidade adequada de escovação que a pelagem do seu cão pode ter.

Diagnóstico

O diagnóstico de qualquer doença apresentada pelo seu animal de estimação deve ser realizada por um profissional qualificado. Os sintomas delas muitas vezes se sobrepõem e podem exigir confirmação através de exames de sangue. Os proprietários, no entanto, podem fornecer informações essenciais aos veterinários durante seu diagnóstico. Se você notar qualquer alteração no comportamento do seu pet, faça anotações, incluindo data, hora e qualquer comportamento anterior que você pode ter observado. A construção de uma linha do tempo de eventos vai ajudar os veterinários a terem uma melhor visão global da saúde do seu cão.

Tratamento

O tratamento da queda de pelo em Yorkshire terriers pode variar, dependendo da causa. Se for uma condição hereditária, existem algumas opções. Se o seu veterinário diagnosticou uma doença específica, o tratamento pode variar de intervenções farmacêuticas para a cirurgia. Os Yorkshire terriers têm uma baixa tolerância às anestesia, tanto que, às vezes, se pode descartar a possibilidade de cirurgia. Por esta razão, alguns proprietários de animais dessa raça preferem controlar os sintomas através de dieta sempre que possível.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível