on-load-remove-class="default-font">
×
Loading ...

Razões para um prognatismo mandibular em um buldogue

Atualizado em 21 novembro, 2016

Raças de cães braquicefálicas, como os buldogues, têm dentes tortos ou prognatismo mandibular. Isso significa que a mandíbula inferior sobressai além da superior. Um prognatismo é uma mordida cruzada anterior, onde os incisivos inferiores se estendem mais para a frente do que os incisivos superiores, mas todos os outros dentes unem-se adequadamente. O prognatismo é uma característica esperada em um buldogue. No entanto, se acontece em uma raça que não é adequada para acomodar o prognatismo, a condição pode exigir uma cirurgia corretiva.

Não é novidade os buldogues terem prognatismo mandibular (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

A mordida

Uma uma mordida nivelada ocorre quando os dentes incisivos superiores e inferiores se encontram ponta com ponta. Quando existe contato permanente entre eles, pode resultar em doença periodontal, perda de dentes e um desgaste irregular.

Buldogues são raças de focinho curto e dentes tortos são esperados, mas esse prognatismo em raças com focinho médio não é esperado e é considerado anormal, aponta o Dentalvet.com.

Loading...

Forma da cabeça

Os cães como o buldogue possuem focinhos largos e curtos. O focinho inclui o nariz e a boca, ou a parte saliente do rosto dos animais. Essa é uma forma básica da cabeça de um cachorro. A segunda forma é longa com um focinho estreito. Essa forma de cabeça é encontrada em dobermans e galgos. A terceira forma é o comprimento médio, com um focinho de largura média, como acontece com a maioria dos terriers, spaniels, labradores, pastores alemães e hounds. Veterinários precisam considerar a forma da cabeça do cão para determinar se a mordida dele é normal.

A condição oposta

O oposto do prognatismo mandibular é o retrognatismo, onde a mandíbula superior se estende para além da mandíbula inferior. Essa condição faz com que os dentes superiores se sobreponham aos dentes inferiores, sem tocar.

História

O buldogues originais vieram da Inglaterra, onde foram cães de trabalho. Os buldogues americanos foram criados após a II Guerra Mundial por John D. Johnson e Alan Scott. Os cães de J. Johnson foram chamados de "intimidadores" e possuem ossos mais pesados, com cabeças grandes e corpos mais volumosos, a mordida do prognatismo mandibular mais pronunciada e focinhos mais curtos do que os seus antecessores. Os cães de Scott são considerados "padrão" e têm focinhos mais longos, menos ossos do que os cães intimidadores e menos prognatismo.

Loading...

Referências

Loading ...
Loading ...