Razões para um prognatismo mandibular em um buldogue

Escrito por cindi pearce | Traduzido por morgana nunes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Razões para um prognatismo mandibular em um buldogue
Não é novidade os buldogues terem prognatismo mandibular (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Raças de cães braquicefálicas, como os buldogues, têm dentes tortos ou prognatismo mandibular. Isso significa que a mandíbula inferior sobressai além da superior. Um prognatismo é uma mordida cruzada anterior, onde os incisivos inferiores se estendem mais para a frente do que os incisivos superiores, mas todos os outros dentes unem-se adequadamente. O prognatismo é uma característica esperada em um buldogue. No entanto, se acontece em uma raça que não é adequada para acomodar o prognatismo, a condição pode exigir uma cirurgia corretiva.

Outras pessoas estão lendo

A mordida

Uma uma mordida nivelada ocorre quando os dentes incisivos superiores e inferiores se encontram ponta com ponta. Quando existe contato permanente entre eles, pode resultar em doença periodontal, perda de dentes e um desgaste irregular.

Buldogues são raças de focinho curto e dentes tortos são esperados, mas esse prognatismo em raças com focinho médio não é esperado e é considerado anormal, aponta o Dentalvet.com.

Forma da cabeça

Os cães como o buldogue possuem focinhos largos e curtos. O focinho inclui o nariz e a boca, ou a parte saliente do rosto dos animais. Essa é uma forma básica da cabeça de um cachorro. A segunda forma é longa com um focinho estreito. Essa forma de cabeça é encontrada em dobermans e galgos. A terceira forma é o comprimento médio, com um focinho de largura média, como acontece com a maioria dos terriers, spaniels, labradores, pastores alemães e hounds. Veterinários precisam considerar a forma da cabeça do cão para determinar se a mordida dele é normal.

A condição oposta

O oposto do prognatismo mandibular é o retrognatismo, onde a mandíbula superior se estende para além da mandíbula inferior. Essa condição faz com que os dentes superiores se sobreponham aos dentes inferiores, sem tocar.

História

O buldogues originais vieram da Inglaterra, onde foram cães de trabalho. Os buldogues americanos foram criados após a II Guerra Mundial por John D. Johnson e Alan Scott. Os cães de J. Johnson foram chamados de "intimidadores" e possuem ossos mais pesados, com cabeças grandes e corpos mais volumosos, a mordida do prognatismo mandibular mais pronunciada e focinhos mais curtos do que os seus antecessores. Os cães de Scott são considerados "padrão" e têm focinhos mais longos, menos ossos do que os cães intimidadores e menos prognatismo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível