Qual tipo de reação química ocorre em uma rocha obsidiana?

Escrito por daniel zimmermann | Traduzido por luciana p. s. lopes
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Qual tipo de reação química ocorre em uma rocha obsidiana?
Quando os vulcões entram em erupção, é comum a formação de rochas obsidianas (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Em algumas erupções vulcânicas, o material quente é expelido da cratera, resfria rapidamente pela exposição ao ar e endurece, transformando-se em rochas ígneas, chamadas obsidianas e pedras-pomes. Em outras erupções, a lava desce pela montanha de forma mais tranquila. Esse tipo de erupção também pode resultar na formação de obsidiana que, assim que é formada, começa a se desgastar. Várias reações químicas alteram sua composição.

Outras pessoas estão lendo

Composição da rocha obsidiana

Diferentemente da maioria das rochas ígneas, as obsidianas não contêm cristais em sua composição. Seu componente principal é o dióxido de silício, o mesmo material do qual é feito o quartzo, o vidro e a areia siliciosa. A rocha obsidiana também contém quantidades consideráveis de óxido de magnésio e ferro. Outros óxidos também podem estar presentes, como os de alumínio, cálcio e potássio.

Hidratação

Quando formada, a obsidiana não tem muita água em sua composição. Entretanto, posteriormente ela fica exposta à umidade na forma de chuva e umidade atmosférica. Como resultado, a rocha passa por um processo chamado hidratação. Nesse processo, os íons H+ e OH- das moléculas de água ficam fracamente ligados a componentes moleculares da obsidiana. Dessa forma, a rocha transforma-se em um material hidratado chamado perlita.

Desvitrificação

A rocha obsidiana não contém dióxido de silício em sua forma mais estável. Por isso, essa substância gradualmente altera sua textura amorfa vítrea, passando para cristais de quartzo organizados. Já que o produto resultante não se assemelha ao vidro, o processo é conhecido por desvitrificação. As amostras de obsidiana que passaram por desvitrificação parcial têm vários pontos brancos em um fundo escuro. Essas amostras são chamadas "obsidiana floco de neve", de acordo com Jim Miller, geólogo da Universidade Estadual do Oregon, nos Estados Unidos.

Reações ácidas

Vários ácidos atacam a obsidiana. Quando chove, a água absorve um pouco de dióxido de carbono da atmosfera à medida em que cai. Essa substância dissolvida na água converte-se em ácido carbônico, que causa um desgaste na rocha. Ele ataca, por exemplo, o óxido de magnésio, transformando-o em carbonato de magnésio. A chuva ácida também desgasta a obsidiana. O dióxido de enxofre de origem natural ou industrial forma ácido sulfúrico quando dissolvido na água da chuva. Esse ácido poderoso ataca os componentes da rocha, como o óxido de ferro, para formar sulfatos. De acordo com um estudo conduzido pelo Departamento de Ciências e Tecnologia Ambiental da Universidade Kagoshima, a exposição de amostras de obsidiana a uma solução de ácido muriático em temperaturas altas transformou a rocha em boemita, alofano, haloisita e caulinita.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível