O que é rizotomia cervical?

Escrito por andrea helaine | Traduzido por marina villar
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que é rizotomia cervical?
As dores frequentes no pescoço podem ocasionar em uma rizotomia cervical (Pixland/Pixland/Getty Images)

As rizotomias cervicais são necessárias quando as facetas das articulações (pequenas articulações entre as partes de trás dos ossos da vértebra) no pescoço são a causa de dores frequentes. As rizotomias são consideradas em pacientes que tomaram três doses de testes anestésicos. A dor deve diminuir com a anestesia e permanecer sem mudanças quando placebos são usados.

Outras pessoas estão lendo

Propósito

A rizotomia é a destruição dos nervos dentro das facetas das articulações do pescoço. Isso normalmente é feito queimando-as com uma corrente de radiofrequência. Isso elimina as sensações de dor e é considerado como uma opção somente quando a dor é devido a distúrbios das facetas das articulações. O objetivo desse procedimento é reduzir a dor em casos de degeneração das facetas.

Degeneração da articulação

A degeneração da articulação normalmente surge sem aviso, pois não há sensores de dor nas cartilagens ao redor das articulações. Os nervos com dor estão localizados dentro dos ossos, e então quando a degeneração da articulação acontece, não começa causando dor até que progrida até os ossos. Devido cada faceta conter nervos de duas diferentes articulações, queimar um grupo de nervos não eliminará ou ajudará a reduzir a dor.

Procedimento

A rizotomia é feita no paciente primeiro dando um sedativo ou anestésico, e então posicionado sob um fluoroscópio, que é um tipo de máquina de raio-x. A pele ao redor do local da cirurgia é anestesiada e então, com o uso do fluoroscópio, uma agulha é inserida dentro do corpo e usada para mirar os nervos que conduzem dor. Então um fio é colocado por dentro da agulha até que chegue aos nervos; uma pequena quantidade de eletricidade de radiofrequência é liberada nos nervos, queimando-os. A radiofrequência causa a morte do nervo para promover uma melhora ou eliminação da dor devido à degeneração da articulação e pode oferecer ao paciente um alivio de meses ou anos, de acordo com o site do Grupo Médico de Neurocirurgia da Califórnia do Norte. Depois da cirurgia, os pacientes podem sentir alguma dor e desconforto. Hematomas, inchaço e sensibilidade no local da injeção é comum. A dor do procedimento durará por alguns dias depois da cirurgia, mas os pacientes notarão melhora a cada dia.

Riscos

Sérias complicações são raras com esse procedimento, mas sinais de sérias complicações incluem calafrios, tontura, fraqueza, entorpecimento que dura mais do que três horas, sangramento, drenagem, ou dor prolongada no local da injeção, e febre. Como em todos os tipos de cirurgia, há o risco de infecção. As infecções podem ser indicadas por vermelhidão ou inchaço ao redor do local da injeção, e pus.

Critério do paciente

Para que a rizotomia seja a melhor opção em qualquer caso, há certos critérios que precisam ser estabelecidos. A dor deve ser localizada e não se espalhar para outras partes do corpo ou mostrar sinais de compressão dos nervos. A dor não pode responder a tratamentos não cirúrgicos por mais de um ano. A dor deve ser testada e os médicos devem assegurar que ela são ocasionadas pelas facetas e não por outras causas como um alteração orgânica da coluna. A dor deve ser testada com anestesias. Se o teste com anestésico funcionar e a dor for aliviada, então a rizotomia é considerada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível