É seguro recongelar alimentos?

Escrito por carolyn simpkins | Traduzido por carlos nascimento
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
É seguro recongelar alimentos?
Cuidado ao recongelar alimentos

Congelar alimentos poupa dinheiro, por ser possível estocar e armazenar as sobras para outra refeição. Mas o que você deve fazer se acabar a energia ou se a refeição planejada mudar de horário e ela já foi descongelada? Por mais que a maioria dos alimentos possa voltar ao congelador, caso não seja completamente descongelada, cada vez que você congelar, descongelar e voltar a congelar os alimentos pode reduzir, e muito, a qualidade deles. Alguns alimentos podem voltar a ser congelados, mas em relação a outros, o melhor é consumi-los rapidamente, ou descartá-los.

Outras pessoas estão lendo

Problemas com o recongelamento

Os nutrientes permanecerão intactos ao recongelar os alimentos, no entanto a comida perde a qualidade, quando está congelada e é descongelada e congelada novamente. Isso ocorre porque a água se expande quando congela. Ao recongelar, as paredes celulares dos alimentos se expandem, sendo que já tinham sido expandidas e retraídas devido ao congelamento anterior, conduzindo a uma perda de umidade. Isso afeta o frescor e, às vezes, o gosto. Recongelar um alimento que tenha sido completamente descongelado também pode representar risco, com as bactérias se reproduzindo mais rápido devido a isso. Congelar alimentos não mata os patógenos alimentares, apenas retarda o crescimento.

Frutas e legumes

Muitas frutas e legumes congelados mudam a textura quando descongelados e congelados novamente. O recongelamento afeta, particularmente, os vegetais crus que têm alto teor de água, tais como aipo, cebolas e verduras, como o espinafre. É possível, no entanto, cozinhar as frutas e os vegetais que tenham sido descongelados e, depois, congelar os alimentos já preparados. Você também pode preparar as frutas descongeladas como uma geleia, se tiverem ficado estranhas devido ao recongelamento.

Pães e assados

Pães e assados​​, como muffins, em sua maioria, são seguros para voltar a serem congelados, embora isso possa reduzir a sua qualidade. Bolos e tortas devem ser assados, consumidos ou descartados, se tiverem sido descongelados completamente, pois a sua textura delicada não lida bem com o recongelamento.

Carne

A carne crua pode ser recongelada apenas se tiver sido descongelada na geladeira e armazenada por um dia ou menos. Para garantir que a carne seja consumida rapidamente, anote na embalagem que foi descongelada e a coloque na parte mais fria do congelador. Ela deverá ser consumida dentro de dois a três meses. Se estiver descongelando sua carne usando um micro-ondas ou com água corrente, não a recongele, especialmente se ela tiver atingido a temperatura ambiente. No entanto, poderá cozinhar a carne descongelada e voltar a congelar em uma forma cozida.

Alimentos que não recongelam bem

Normalmente, sorvetes e picolés deverão ser descartados, se tiverem derretido. O recongelamento do sorvete afetará severamente a textura, tornando-o uma pedra dura e gelada. Ensopados, guisados, tortas e refeições preparadas não deve ser recongelados -- especialmente se tiverem sido completamente descongelados --, pois a qualidade é reduzida e isso poderá ajudar a proliferação dos patógenos alimentares.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível