O significado da roda do Darma

Escrito por jennifer spirko | Traduzido por pina bastos
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O significado da roda do Darma
A roda do Darma no telhado de um templo (Image Courtesy of: http://img2.travelblog.org/Photos/1878/13759/f/58670-Dharma-Wheel-3.jpg, Image Courtesy of: http://www.buddhanet.net/mudras.htm)

O budismo é uma religião ampla e extremamente diversa. As variadas ramificações do budismo têm diferentes representações do Buda, além de símbolos distintos. Em contrapartida, a roda do Darma, ou Dharmachakra, não muda. Em todas as ramificações do budismo, ela é uma roda de oito raios que simboliza os ensinamentos centrais desta religião e o caminho para a iluminação.

Outras pessoas estão lendo

Significado

A roda do Darma, ou Dharmachakra, é o símbolo mais antigo do budismo, remontando ao primeiro sermão de Gautama Buda para os discípulos dele. Ela simboliza os conceitos básicos do budismo, como o Nobre Caminho Óctuplo e as Quatro Nobres Verdades. O Budismo é uma religião mundial com muitas escolas de pensamento diferentes, mas a roda do Darma é um simbolo compartilhado por todos os budistas.

As Quatro Nobres Verdades

O budismo é uma tentativa de oferecer respostas ao problema do sofrimento humano. As Quatro Nobres Verdades explicam essa questão. A primeira verdade é que a vida é cheia de sofrimento. Os humanos lidam com o sofrimento físico, como doenças, ferimentos e velhice, e com o sofrimento emocional, como raiva, medo e muitos tipos de mágoas. A segunda nobre verdade diz que o sofrimento é causado pelo apego. Os humanos se apegam a metas, pessoas, objetos e outras coisas transitórias, e podem ficar magoados quando as perdem. A terceira nobre verdade é que acabar com o sofrimento é possível. Ela pode ser atingida através do desapego. A quarta nobre verdade é o Caminho Óctuplo, que é um método de melhorar a si mesmo através de um caminho moderado entre a gratificação hedonista e a autonegação ascética.

O Nobre Caminho Óctuplo

O Caminho Óctuplo é um código de conduta e pensamento ético simbolizado pelos oito raios da roda do Darma. Os primeiros dois aspectos do caminho são a visão correta e a intenção correta, que juntas formam a sabedoria. Visão correta significa perceber a impermanência de todas as coisas e outros conceitos budistas básicos, e intenção correta significa compromisso com o caminho. Os três seguintes aspectos, discurso correto, ação correta e modo de vida correto são as linhas mestras da conduta ética. Significam falar e agir de maneira ética e viver por meios legais, pacíficos e éticos. Os três seguintes aspectos, esforço correto, consciência plena correta e concentração correta são as orientações para o desenvolvimento mental ao longo do Caminho Óctuplo.

Giros da roda

Como em muitas religiões, o budismo passou por várias fases diferentes de desenvolvimento. O budismo "Theravada" é a escola mais antiga e acredita em apenas um giro da roda, que consiste nos textos dos primórdios do budismo, conectados com o Buda real, histórico. Outras escolas, como a do budismo "Mahayana" e a do budismo "Vajrayana", baseiam-se em textos e ensinamentos mais recentes e em outros giros da roda.

Mudra

A roda do Darma é ligada ao mudra Dharmachakra. Os budas usam posições especiais das mãos, chamadas mudras, nos ícones e nas práticas de meditação. O Buda é mostrado com as mãos fazendo o mudra Dharmachakra em estátuas que representam o primeiro sermão dele, e a posição das mãos simboliza o ato de ensinar.

O significado da roda do Darma
Mudra Dharmachakra é a posição das mãos no ato de ensinar

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível