Saúde

Sinais e sintomas de linfoma do intestino delgado

Escrito por pat krueger | Traduzido por angela spada
Sinais e sintomas de linfoma do intestino delgado

O câncer de intestino delgado é uma doença rara

Photodisc/Photodisc/Getty Images

O intestino delgado, uma parte do sistema digestório do corpo que inclui o esôfago, estômago e intestino grosso, processa os nutrientes dos alimentos e ajuda a evacuar o material residual do corpo. Ele tem cerca de seis metros de comprimento, compondo mais de 70% da extensão do trato gastrointestinal (TGI). O câncer de intestino delgado é uma doença rara. Todavia, devemos estar cientes dos sintomas que podem ser causados por câncer ou outras afecções.

Outras pessoas estão lendo

Linfoma do intestino delgado

O linfoma do intestino delgado, uma das cinco formas de câncer encontrada nesse órgão, é uma doença que começa nas células do sistema imune. Além do trato digestório, essas células também são localizadas nos linfonodos, baço, glândula timo, adenoides, tonsilas e medula óssea. Todos os cânceres de intestino têm potencial para invadir a parede intestinal e disseminar-se para os linfonodos e outros órgãos adjacentes. O National Cancer Institute americano (Instituto Nacional de Câncer, em português) indica que, em 2009, houve 6.230 novos casos de câncer de intestino delgado informados nos Estados Unidos, e 1.110 pessoas morreram da doença.

Desconforto físico

Os desconfortos físicos geralmente resultam de problemas e doenças causadas pela posição e localização do câncer no intestino. A malignidade pode tornar difícil a digestão e a evacuação do alimento pelo corpo. O crescimento também pode sangrar internamente, resultando em fezes negras. Esses sintomas também podem estar associados à síndrome do intestino irritável e úlceras pépticas. É importante não fazer o autodiagnóstico. É necessário consultar um médico para determinar se os sinais são uma consequência de câncer intestinal ou de outra afecção física debilitante.

Outros sinais e sintomas

Os sintomas iniciais geralmente são vagos, não específicos, podendo incluir desconforto abdominal associado à náusea, timpanismo e perda de apetite. Conforme a doença progride, os sintomas podem se tornar mais pronunciados com aumento da dor ou cólica abdominal, um nódulo na porção média do abdome, assim como perda de peso inesperada ou não planejada. Os sintomas avançados estão associados à fadiga, grave perda de peso, anemia ferropriva, perda sanguínea visível no vômito ou matéria fecal, icterícia e intensa náusea e vômito.

Tratamento

A cirurgia, o tratamento primário do linfoma do intestino delgado, envolve a remoção física do câncer e possivelmente do tecido circundante. Também se utiliza quimioterapia ou radioterapia se o câncer se disseminou. A radiação pode ser usada em combinação com outras opções de tratamento ou quando a remoção cirúrgica da malignidade não é possível.

Mais galerias de fotos

Comentários

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media