O sistema excretor de répteis e aves

Escrito por melissabielawski | Traduzido por ronaldo moretti
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O sistema excretor de répteis e aves
O sistema excretor de aves e répteis é muito semelhante (bird image by Andrzej PÅ‚otnikow from Fotolia.com)

O sistema excretor existe em todas as criaturas vivas, a fim de facilitar a remoção de minerais ricos em nitrogênio, bem como de outros resíduos adicionais. O processo de excreção também serve para normalizar a água e os íons no corpo. As aves e os répteis são diferentes em muitos aspectos, mas a função do sistema excretor dessas espécies é muito semelhante em sua finalidade.

Outras pessoas estão lendo

História

O consumo de alimentos de algum tipo é necessário para a sobrevivência das aves e répteis. Conforme o alimento é ingerido, os organismos de cada uma dessas espécies começam a sofrer o processo metabólico. De acordo com a Universidade de Cincinnati, o metabolismo serve como um meio de quebrar proteínas e ácidos nucleicos, os quais contêm nitrogênio. Um parte do nitrogênio é usado pelo corpo, mas a maioria deve ser excretada como produto residual.

Significado

De acordo com a Universidade de Cincinnati, a principal forma que aves e répteis livram seus corpos do excesso de nitrogênio é transformando o nitrogênio em ácido úrico ou amônia. A conversão do nitrogênio é benéfica para aves e répteis, porque seus corpos são capazes de excretar essas substâncias com uma perda de água mínima. No caso de animais de sangue frio e também em muitos tipos de aves, a água deve ser preservada tanto quanto possível.

Função

De acordo com o site Biology Web, quando o nitrogênio se forma no organismo, ele, ao final, se torna um elemento tóxico. O sistema excretor permite que o nitrogênio seja excretado pelo organismo antes de começar a afetar o pH dos fluidos corporais. Em muitos animais, o sal também deve ser excretado. Muitas aves e répteis vivem em áreas perto do mar e, consequentemente, ingerem grandes quantidades de sal. Os corpos desses animais excretam o excesso de sal na forma de uma solução de sal através de glândulas nasais de sal.

Processo

De acordo com a New World Encyclopedia, os répteis usam dois rins pequenos como ferramentas para a excreção. Esses órgãos servem para filtrar o nitrogênio a partir de sangue do animal e, em seguida, transformar em resíduo. O nitrogênio sai do corpo em forma seca como cristais de ácido úrico, juntamente com as fezes. De acordo com a Stanford University, os rins em um pássaro também funcionam como um meio para remover nitrogênio do sangue. A substância branca encontrada em excrementos de pássaros é na verdade ácido úrico, que não é solúvel em água. Em répteis e aves, a eliminação de nitrogênio exige que o corpo gaste uma grande quantidade de energia. Ambas as espécies são capazes de remover eficientemente o nitrogênio sem perder muita água em resíduos do produto.

Efeitos

O sistema excretor de aves e répteis remove com eficácia o nitrogênio de seus corpos e esse sistema permite a preservação da água. De acordo com o Back Yard Nature, quando os mamíferos excretam nitrogênio, está na forma de ureia, que se dissolve muito facilmente na água. Em animais cujos corpos não são adaptados para a água, eles usam ácido úrico como meio de excreção, o que permite a sua sobrevivência com ingestão mínima de água.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível