Sobre Neuralgia do trigêmeo e dor de ouvido

Escrito por mike parker | Traduzido por claudio silva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Sobre Neuralgia do trigêmeo e dor de ouvido
A neuralgia do trigêmeo pode causar dor na região da orelha (http://morguefile.com/archive/display/209535)

A neuralgia do trigêmeo é considerada uma das doenças mais dolorosas e sabe-se que pode até mesmo levar ao suicídio. Esse distúrbio do quinto nervo craniano é caracterizado por uma intensa dor na face sem nenhuma causa aparente. Embora os dentes superiores e o terço médio da face sejam as áreas mais comumente afetadas, a neuralgia do trigêmeo pode provocar dor nos olhos, mandíbula, dentes, pescoço, nariz e orelhas.

Outras pessoas estão lendo

História

A neuralgia trigeminal foi reportada pela primeira vez em 1672, mas não resta dúvida de que ela tem afligido a humanidade por milênios. Essa moléstia era conhecida anteriormente como tique doloroso, uma contração extremamente dolorosa.

Identificação

Seus sintomas incluem ataques recorrentes de dor intensa. Normalmente ela se irradia de um único ponto na face e pode durar de alguns segundos a vários minutos. Numa neuralgia trigeminal atípica a dor é constante, variando apenas em intensidade. Os pontos de origem mais comuns são a porção média do rosto, principalmente os lábios, os dentes superiores e o nariz, mas também podem incluir a mandíbula, bochechas e orelhas.

Características

Suas crises podem ser desencadeadas por ocorrências aparentemente inócuas como um beijo ou uma brisa soprando a pele. Ninguém sabe realmente o que a causa, mas várias teorias têm sido formuladas envolvendo a interação de vasos sanguíneos excedentes com o sistema nervoso.

Tipos

Embora qualquer tipo de dor facial sem motivo aparente seja muitas vezes, inadequadamente, diagnosticada como neuralgia trigeminal, a dor de ouvido também pode ser oriunda de uma série de outras doenças. O mesmo ocorre com a neuralgia glossofaríngea, que apresenta sintomas bastante semelhantes, mas se origina do nervo glossofaríngeo -- o principal grupo de nervos que serve os ouvidos, garganta, língua e mandíbula. A neuralgia occipital é caracterizada por uma dor que irradia da parte posterior do crânio, passa pela orelha e atinge a parte superior da cabeça. Ela geralmente é sentida apenas de um lado da cabeça.

Prevenção/solução

O diagnóstico correto da origem da dor de ouvido é importante, porque cada causa responde a um tratamento diferente. A neuralgia do glossofaríngeo pode se beneficiar de medicamentos anticonvulsivantes ou descompressão microvascular, enquanto a neuralgia occipital reage melhor a certos antidepressivos ou anestésicos locais. Já a trigeminal é tipicamente tratada com carbamazepina, que provou ser eficaz em 70 % a 90 % dos pacientes. Quando não é possível obter alívio através de medicação uma cirurgia pode ser necessária.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível