Técnicas de ensaio para bandas iniciantes

Escrito por simon foden Google | Traduzido por andré schwarz
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas de ensaio para bandas iniciantes
Os membros deverão se preparar um de cada vez (Jupiterimages/BananaStock/Getty Images)

Um ensaio não se limita a uma mera sequência de movimentos a ser seguida, pois é também o momento ideal para tentar novas ideias, aperfeiçoar truques e se preparar para eventuais dificuldades técnicas. Bandas principiantes frequentemente não tem a experiência necessária para fazer um treino eficaz e podem não melhorar em longos períodos de vários meses. Isso não significa que elas sejam ruins, mas sim que não estão ensaiando da maneira correta.

Outras pessoas estão lendo

Treine "de verdade"

Pelo menos uma vez a cada encontro, toquem como se estivessem em um show de verdade. Isso significa não parar em caso de erros, não conversar entre as músicas e não fazer pausas para o banheiro. Dessa forma, cada membro irá se focar em melhorar seu próprio desempenho no palco. O baixista pode, por exemplo, perceber que não há tempo suficiente para ligar suas pedaleiras entre uma música e outra.

Menos barulho

É muito difícil afinar uma guitarra ou ajustar seu tom enquanto o baterista faz seu aquecimento. Em vez de se prepararem simultaneamente, façam um de cada vez. Dessa forma, cada membro deverá ficar um certo tempo sozinho para preparar a si e seus instrumentos em busca do som perfeito. Embora isso possa levar mais tempo, tira a necessidade de fazer ajustes entre uma música e outra.

Tocar a um ritmo mais devagar

Use um metrônomo para avaliar o andamento de cada música, e diminua o tempo pela metade, diminuindo assim a velocidade de execução. Alguns erros podem passar despercebidos na velocidade normal, mas nesse ritmo é possível dar a atenção adequada, sem pressa, a cada nota. Dessa forma serão exercitados o ritmo e a sincronia entre os membros.

Preparar-se para tragédias

Algumas vezes podem ocorrer problemas técnicos, mas a plateia não tem como saber disso. Prepare-se para o pior, como se houvesse um engenheiro de som que quisesse arruinar o show. Ensaie uma vez com as piores configurações que possa imaginar: use reverberação astronômica no vocal, coloque o volume do baixo no máximo e abaixe o das guitarras, ponha lençóis velhos na bateria... Assim vocês serão capazes de aprender a apresentar sob pressão e sem as configurações perfeitas.

Gestos

Durante os ensaios, elaborem um conjunto de gestos a ser utilizados no palco para a comunicação discreta de problemas. Por exemplo, apontar o indicador para cima e girá-lo em círculos geralmente significa "Eu perdi minha deixa, vou entrar na próxima vez". É recomendável também estabelecer gestos claros para "diminua a distorção", "aumente a distorção", "mais devagar", "entre no ritmo" e "não estou pronto". Esse último é muito importante, pois evita que a banda comece antes de todos estarem preparados. Assim, cada membro deverá olhar para os outros antes de começar. Esse gesto deverá ser usado para comunicar problemas técnicos.

Técnicas de ensaio para bandas iniciantes
Use gestos visíveis aos membros e discretos para a plateia (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível