Técnicas de terapia cognitivo comportamental para a depressão

Escrito por barb nefer | Traduzido por luísa epifânio
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Técnicas de terapia cognitivo comportamental para a depressão
Pesquisas com terapia cognitiva comportamental têm demonstrado eficácia em tratar a depressão (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

Pesquisas com terapia cognitiva comportamental têm demonstrado eficácia em tratar a depressão. De acordo com a revista "American Family Physician", o tratamento pode ser feito sozinho ou juntamente com antidepressivos. Ele também reduz a taxa de recaída porque ensina técnicas que podem ser utilizadas mesmo após o termino da terapia. Se a depressão voltar a ocorrer, o paciente pode usar as mesmas técnicas que aprendeu em suas sessões de aconselhamento para refreá-la novamente.

Outras pessoas estão lendo

Mudando crenças irracionais

Crenças irracionais muitas vezes sustentam a depressão. Por exemplo, uma pessoa pode acreditar que tudo deveria estar perfeito em seu relacionamento. Se ela tiver uma discussão com seu parceiro, ela pode se sentir incapaz e acreditar que a culpa é sua. "Psychology Information Online" diz que as crenças irracionais devem ser avaliadas e transformadas cuidadosamente. Quando a pessoa se encontra tendo pensamentos irracionais, ela pode usar uma técnica para evitar o pensamento, como vislumbrar uma luz vermelha gigante. Então ela pode substituir o pensamento mórbido por uma crença saudável. Eventualmente, as crenças realistas se tornarão o padrão.

Mudando pensamentos negativos

Muitas pessoas que sofrem de depressão têm pensamentos negativos, ao invés de positivos. "Psychology Information Online" diz que eles tendem a pensar de forma negativa ou de modo que faz com que eles se sintam como vítimas. Por exemplo, alguém está tentando chegar a um compromisso e fica preso em um engarrafamento pode pensar: "Isso sempre acontece comigo. Sou a pessoa mais azarada do mundo". Esse raciocínio é ineficaz porque não resolve o problema. Em vez disso, ele alimenta o estado depressivo. O pensamento pode ser transformado em algo positivo. A técnica mais eficaz é mudar o discurso para torná-lo uma resolução. Por exemplo, a pessoa parada no trânsito pode pensar: "Isto é um desafio, então eu acho melhor encontrar outro caminho", ou "Eu posso ligar para o escritório, enquanto eu estou sentado aqui para tentar mudar o meu compromisso." Um plano de ação é uma excelente forma de combater a depressão.

Teste de realidade para catastrofização

Depressão faz com que muitas pessoas sofram de catastrofização. Elas veem o pior ponto de vista possível em qualquer situação. Por exemplo, alguém que faz um pequeno erro em um projeto do trabalho se preocupa em ser demitido por causa disso, ao invés de focar sua energia em corrigir o erro, perde tempo com preocupação. Na pior das hipóteses, a catastrofização pode realmente resultar em algo ruim mais provável. Se a pessoa nunca corrige o erro, ela pode de fato sofrer algumas consequências. Uma técnica eficaz para combater esse mal é fazer um teste de realidade. A mulher que está se preocupando com seu erro pode se perguntar: "Será que isso é realmente suficiente para perder meu emprego? Eu normalmente faço um bom trabalho, e minhas últimas cinco avaliações de desempenho tem sido boas". Os fatos objetivos não alimentarão a sua preocupação, então ela pode deixar a preocupação de lado e focar em corrigir o erro.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível