Testes de aptidão e perspectivas de carreira para estudantes

Escrito por jaime golden | Traduzido por aline ferreira
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Testes de aptidão e perspectivas de carreira para estudantes
Testes de aptidão e perspectivas de carreira podem ajudar um estudante a escolher cursos e caminhos para sua carreira (Comstock/Comstock/Getty Images)

Os testes vocacionais ajudam os terapeutas e orientadores vocacionais a auxiliar estudantes na busca pela carreira certa. Eles podem indicar as habilidades, o nível de competências e interesses dos estudantes, que podem fornecer ideias valiosas nas futuras ocupações. Os estudantes devem também considerar ter uma visão geral da carreira que desejam seguir, quando considerarem qual caminho traçar. As perspectivas de trabalho podem encorajar ou não um estudante a seguir os resultados dos testes de aptidão.

Outras pessoas estão lendo

Teste de aptidão

Os testes de aptidão não são testes de habilidade ou de inteligência, mas apontam as habilidades de um indivíduo em certas áreas. Estes testes são normalmente usados para o planejamento vocacional ou de carreira, em escolas de ensino médio ou em faculdades, mas foram aplicados, inicialmente, em centros de carreira por todos os Estados Unidos nos primeiros anos da década de 40. Eles são dados nas áreas de habilidades de aprendizado, numéricas, verbais, de percepção espacial e de percepção administrativa.

Tipos de testes de aptidão

Os dois testes de aptidão mais comuns para estudantes são o Myers-Briggs Type Indicator (MBTI) e o Strong Interest Inventory. O primeiro usa quatro categorias de personalidade para mostrar o tipo de trabalho que estimulará a mente de um estudante e nas quais os estudantes podem ser bem sucedidos. Estes tipos de personalidade são: Extroversão/Introversão, Sensibilidade/intuição, Pensamento/Sensação e Julgamento/Percepção. O segundo deles avalia os interesses e percepções dos estudantes em seis grupos ocupacionais: Convencional, Investigativo, Realístico, Artístico, Empreendedor e Social. OS terapeutas ou orientadores vocacionais também podem usar outros testes quando trabalharem com estudantes para definir seus futuros.

Uso dos testes de aptidão

Os terapeutas, conselheiros de reabilitação vocacional e gerentes de caso ajudam os estudantes a descobrir suas prioridades e vocações. Por exemplo, se um estudante tem a maior pontuação na área de percepção espacial, ele pode ser bem sucedido em alguma engenharia, prática de construção ou outro tipo de carreira em que o entendimento de componentes espaciais seja importante. Um estudante pode descobrir que tem talento em áreas que nunca soube ou solidificar o que ele já sabia sobre si mesmo.

Perspectiva de carreira

Os estudantes de ensino médio frequentemente tem alguma noção da carreira que querem seguir. Um estudante pode querer uma carreira da área médica, no campo da arte e do entretenimento ou da administração. Os terapeutas trabalham para ajudá-lo na descoberta da perspectiva de carreira que o campo de sua escolha tem atualmente. A perspectiva de carreira, se projetada para ser bem sucedida, pode encorajar o estudante a seguir tal campo. Se ela parecer tenebrosa, o estudante pode escolher não segui-lo.

Perspectivas de carreira e testes de aptidão

Um estudante que tenha feito testes de aptidão pode descobrir habilidades que não sabia ter. Usar as informações do teste de aptidão e os próprios interesses do estudante auxiliará-lo a fazer a escolha entre uma área universitária ou direção vocacional. Embora um estudante tenha uma pontuação alta em uma área, ele pode escolher uma em que tenha feito uma pontuação menor, simplesmente porque a perspectiva de carreira é melhor.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível