Que tipos de animais vivem na caverna Kartchner?

Escrito por elaine davidson | Traduzido por lara scheffer
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Que tipos de animais vivem na caverna Kartchner?
Várias espécies de escorpião são encontradas próxima à entrada das cavernas Kartchner (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Mais de milhares de morcegos vivem nas cavernas Kartchner, no sudeste do Arizona, de maio a setembro, todos os anos. Nenhum outro animal vive no ambiente de baixo nutriente do sistema das cavernas de calcário, mas pesquisadores reportaram vistas ocasionais de algumas espécies vagando pela entrada da caverna e saindo. Nutrientes nos excrementos dos morcegos — guano — sustentam uma variedade de organismos microscópicos, que então sustentam ácaros, aranhas, escorpiões, besouros e grilos.

Outras pessoas estão lendo

Morcegos

De mil a duas mil fêmeas de morcegos vêm para a caverna para ter seus filhotes e cuidar deles, a partir de abril. Elas se abrigam durante o dia e deixam os filhotes na caverna durante à noite, enquanto saem para comer insetos. Os morcegos têm seus filhotes em junho e deixam a caverna no meio de setembro para sua migração anual. Eles fornecem a única ligação entre a caverna e os ecossistemas da superfície, aos quais seus excrementos fornecem os nutrientes para tornar possível a vida dos insetos na caverna.

Ácaros e aranhas

Existem de 50 a 500 ácaros a cada 16 cm³ da caverna estudados por cientistas, segundo o "Journal of Cave and Karst Studies". As dez espécies identificadas de ácaros são dependentes dos excrementos dos morcegos para sobreviverem. O Geolaelaps, um ácaro que se alimenta de outros ácaros menores e de nematoides, é comum na caverna. Outra das dez espécies de ácaros identificadas é parasita e passa o seu estágio larval no grilo camelo.

Apenas uma espécie de aranha, a Eidmannella pallida, ou aranha de caverna, é encontrada nessas cavernas. Essa aranha pálida e amarela faz suas teias irregulares em rachaduras e embaixo das rochas. Sua principal fonte de alimentos são os ácaros.

Grilos, besouros e escorpiões

Os grilos de caverna, também chamados de grilo camelo, são marrons e parecem corcundas. Alimentando-se principalmente de plantas encontradas fora da caverna à noite, enquanto se refugia na segurança da caverna, escondendo-se nas rachaduras durante o dia. Seus ovos e excrementos servem de alimentos para besouros cegos que nunca deixam a caverna.

Besouros cegos farejam os ovos de grilos, os quais eles cavam e comem usando sensores próximos à sua boca. Os grilos, por sua vez, cavam buracos falsos onde não há ovos para tentar proteger alguns de seus ovos dos besouros.

Uma variedade de escorpiões foi encontrada logo na entrada das cavernas Kartchner. Eles possuem oito patas e um par de garras. Suas caudas se curvam sobre suas costas e contém o veneno usado para matar suas presas, as quais incluem os grilos e besouros cegos da caverna.

Registro de fósseis

Uma vez, a caverna foi o lar de uma grande variedade de animais. Pesquisadores especulam que as entradas para a caverna se fecharam com o tempo, deixando-a habitável apenas para morcegos e insetos atualmente. As descobertas paleontológicas incluem o esqueleto de 86 mil anos de um bicho-preguiça, um cavalo de 34 mil anos, um urso, um molusco, sapo, coiote, um papa-léguas e vários tipos de roedores.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível