Tipos de reprodução de bactérias

Escrito por steve johnson | Traduzido por joanna riva
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de reprodução de bactérias
Bactérias (bacteria image by chrisharvey from Fotolia.com)

Bactérias são organismos procariotos que se reproduzem através de "fissão binária". Essa forma de reprodução assexuada é muito menos complicada do que a reprodução sexuada que ocorre em organismos eucariotos. A fissão binária permite que a molécula de DNA bacteriano replique-se, formando uma cópia idêntica. A nova célula então se separa da célula reprodutora original, separando os cromossomos e criando uma célula bacteriana totalmente nova e idêntica. À parte de raras mutações, as células formadas através da fissão binária são geneticamente idênticas às suas células-mãe.

Outras pessoas estão lendo

Conjugação

A desvantagem da reprodução assexuada de bactérias é que, por serem geneticamente idênticas, são suscetíveis aos mesmos fatores ambientais. Para combater isso, a evolução incorporou vários fatores que as bactérias utilizam para criar variações genéticas. Um dos principais métodos é a conjugação, que permite que as bactérias transfiram partes de seus genes para outras bactérias que entrem em contato. Quando as bactérias realizam a conjugação, utilizam estruturas conhecidas como "pilus" para transferir genes.

Transformação

Outra técnica comum de alteração de DNA que é utilizada na conjugação com fissão binária é a "transformação". Ao utilizar a transformação, as bactérias podem obter DNA do ambiente. Normalmente, a transformação é realizada por bactérias vivas retirando DNA de células mortas bacterianas, seguida pela ligação das bactérias ao DNA antigo, transportando-o através da membrana. As células bacterianas então se incorporam ao novo DNA, criando uma célula bacteriana nova e alterada que passa por fissão binária para produzir um tipo de bactéria único comparado ao original.

Transdução

A transdução é um dos tipos mais complicados de troca de DNA. Esse tipo de recombinação bacteriana envolve bacteriófagos, que agem como vírus que infectam as células bacterianas. Quando um bacteriófago se junta à célula bacteriana, insere pedaços do seu DNA na bactéria e age como um parasita. O vírus então utiliza as enzimas da célula bacteriana para se replicar, por lise ou divisão da mesma. A chave que permite que a transdução altere o DNA bacteriano é que durante a replicação dos bacteriófagos, algumas das bactérias hospedeiras são geralmente incorporadas neles. Quando o bacteriófago modificado infecta uma nova bactéria, esse DNA pode então ser passado adiante e recombinado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível