Tipos de simbolismos e figuras de linguagem

Escrito por timothy sexton | Traduzido por luiz cezar guimarães júnior
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tipos de simbolismos e figuras de linguagem
O uso de simbolismo e figura de linguagem aprofunda o significado da língua (writing image by Petro Feketa from Fotolia.com)

O simbolismo e a figura de linguagem oferecem uma profundidade na escrita que expressões diretas não conseguem, e estes tipos de dispositivos literários permitem ao escritor ir além se utilizando da prosa apenas para a transmissão dos fatos. Usar o simbolismo e a figura de linguagem traz a prosa para mais perto da expressão poética e oferece a oportunidade de entregar informações em vários níveis que podem ser entendidos por diversos níveis de consciência educacional.

Outras pessoas estão lendo

Comparação por símile

A comparação por símile é uma figura de linguagem que permite que um objeto seja comparado a outro usando-se o termo "como". O uso dessas palavras para comparar dois objetos somente pode ser denominado uma símile quando os objetos são contrários uns aos outros. Por exemplo, "o cavalo correu como o vento".

Metáfora

A metáfora permite à linguagem identificar diretamente um objeto com outro sem usar o "como". As mesmas regras de dissimilaridade que se aplicam à símile também se aplicam para a metáfora, e a principal diferença entre esses dois tipos de figuras de linguagem é a clareza da metáfora. Por exemplo, "meu amado é o balão vermelho que levanta o meu coração."

Personificação

A personificação é uma forma de simbolismo comumente utilizada que aplica atributos humanos a objetos inanimados, podendo dar forma humana e sensibilidade a qualquer coisa, de um animal a uma cadeira, para um conceito abstrato como o ódio ou o orgulho.

Alegoria

A alegoria é simplesmente uma forma de figura de linguagem que é fundamentalmente uma metáfora estendida. Os personagens na alegoria são personificações metafóricas de qualidades abstratas ou, então, representações metafóricas de outra pessoa. A finalidade da alegoria é criar um duplo significado para tudo na história.

Hipérbole

A hipérbole é uma figura de linguagem simbólica que usa o exagero consciente para se expressar de forma séria ou cômica. A hipérbole é, em muitos casos, usada de forma inconscientemente no dia-a-dia através de declarações como "estou com tanta fome que poderia comer um cavalo".

Metonímia

Quando você ouve um noticiário dizer que a casa branca não teve nenhum comentário ou referir-se a um rei ou rainha como a Coroa, você está ouvindo uma figura de linguagem conhecida como metonímia. Esta forma simbólica de falar substitui um termo associado a uma entidade para o nome da própria entidade.

Arquétipos

Arquétipos são uma forma de representação simbólica de impressões mantidas de forma coletiva que são compartilhadas por toda a humanidade como resultado de experiências comuns repetidas por diferentes culturas — imagens estereotipadas investidas com proporções míticas que variam do Bobo ou Palhaço ao Guia Sábio ou Professor.

Ironia

A ironia é uma forma figurativa do discurso em que o significado pretendido é oposto ao significado literal das palavras expressadas. No teatro, a ironia dramática se refere a uma situação na qual o público entende o significado da situação, mas os personagens não.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível