Que tipos de sons as corujas fazem à noite?

Escrito por rachel watkins | Traduzido por david pohl
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Que tipos de sons as corujas fazem à noite?
Corujas com chifres emitem os tradicionais pios (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

As corujas são alguns dos animais noturnos mais identificáveis, o que significa que são conhecidas por estarem sempre alertas à noite e dormindo durante o dia. Embora nem todas as corujas sejam noturnas, muitas o são, e os barulhos que fazem costumam ser ouvidos em áreas rurais e arborizadas, onde elas fazem seus ninhos. Estes sons incluem pios, guinchos, latidos e rosnados. O som exato e o significado destes barulhos varia para cada espécie de coruja.

Outras pessoas estão lendo

Pios

O pio é um som conhecido da coruja. As grandes corujas de chifre são conhecidas pelo pio que fazem, que envolve dois sons de "hu" curtos e profundos, seguidos de um longo "huuuuu". Este som é geralmente territorial e pode ser ouvido a vários quilômetros. Tantos os machos quanto as fêmeas emitem estes sons, mas os masculinos são mais profundos que os femininos. Corujas costumam começar a piar no pôr do sol e continuam até por volta de meia-noite. Os pios podem começar novamente um pouco antes do nascer do sol.

Guinchos

Às vezes, as corujas guincham quando se sentem ameaçadas. As corujas grandes de chifre, por exemplo, emitem uma nota alta quando atacam animais ameaçadores. Corujas latidoras também são conhecidas por emitirem guinchos agudos durante a época de reprodução. Estes ruídos são chamados de "gritos de mulher" devido a sua similaridade ao grito de uma mulher. Os guinchos ocorrem geralmente logo após o pôr do sol e bem antes do amanhecer.

Latidos

Algumas corujas fazem ruídos baixos como latidos quando são surpreendidas ou assustadas. Este som é feito em intervalos rápidos e altos para assustar as ameaças. Latidos de medo podem ocorrer a qualquer hora da noite de acordo com o sentimento de insegurança da coruja. Algumas corujas, como a latidora australiana, fazem um barulho de "au au" que lhes confere seu nome. Estes ruídos podem ser feitos em rituais de acasalamento entre machos e fêmeas. Eles podem durar alguns minutos, mas não a noite toda.

Rosnados

Corujas assustas também rosnam para evitar predadores. A coruja de chifre grande rosna de forma rápida e grave com o fundo da garganta. Corujas latidoras também emitem rosnados semelhantes aos de cães quando estão defendendo seus ninhos, mas não são ruídos muito altos e, geralmente, só podem ser ouvidos de perto.

Guinchos agudos

Filhotes de coruja também são ouvidos guinchando durante a noite. As corujas mais novas vivem no mesmo horário que seus pais. Quando elas acordam à noite, seus pais, geralmente, saem para caçar, deixando os filhotes no ninho. Logo, um guincho agudo pode ser um filhote manifestando sua fome ou chamando seus pais de volta. Muitas espécies diferentes de coruja guincham quando filhotes, inclusive a coruja latidora, a coruja otus e a coruja chamuscada.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível