Tipos de talas nasais

Escrito por chris hamilton | Traduzido por claudia anselmo
Tipos de talas nasais

Talas nasais

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

As talas nasais controlam o sangramento através da imobilização dos ossos e tecidos do nariz. Elas também evitam a adesão intranasal, onde cicatrizes da cirurgia nasal podem bloquear a cavidade. As talas nasais podem ser necessárias após uma cirurgia plástica (rinoplastia) ou para consertar um septo nasal danificado, ferido ou congenitamente desviado (desalinhado). O septo é um osso fino atrás do nariz, que é responsável pela separação das passagens nasais. Os médicos podem usar as talas externas ou internas.

Outras pessoas estão lendo

Plástica

As talas nasais plásticas externas causam menos irritações ao paciente do que as talas internas, apesar de serem mais volumosas que as internas de silicone. Elas usam termoplástico, que é coberto com uma espuma macia. As talas plásticas são cortadas para caberem precisamente nas narinas do paciente. Elas possuem um adesivo de modo que possam ser removidas para um alivio temporário enquanto o nariz do paciente está se curando.

Alumínio

As talas nasais de alumínio possuem um núcleo interno de alumínio que é recoberto com uma espuma macia. Diferente das talas de plástico ou espuma, as de alumínio estão disponíveis somente em alguns tamanhos padrão. Elas podem ser removidas para o conforto temporário do paciente e se prendem ao nariz através de adesivos nas asas. As talas de alumínio oferecem proteção maior para ossos e tecidos nasais recentemente reparados, devido às propriedades de resistência do metal.

Cirúrgica

Durante a cirurgia, os médicos geralmente utilizarão talas plásticas temporárias para reduzir o sangramento do nariz. Essas talas são feitas de silicone macio para manter as passagens nasais abertas enquanto o cirurgião está operando. A compressão leve do nariz pela tala evitará que o sangue obstrua a passagem de ar do paciente. Quando a cirurgia terminar, o cirurgião removerá as talas e utilizará suturas (pontos) para segurar as estruturas do nariz no lugar. As talas cirúrgicas temporárias são mais comumente utilizadas na cirurgia de rinoplastia aberta, onde as incisões externas criam mais sangramento mas fornecem acesso mais fácil para o cirurgião.

Silicone

De acordo com o Hospital Real Nacional do Ouvido, Nariz e Garganta em Londres, o silicone é o material mais usado para as talas nasais. Depois do médico terminar de reparar um nariz, ele pode inserir talas de silicone nas duas narinas. Estas são geralmente talas de vida curta que são mantidas nas passagens nasais somente por uma semana. Para operações menores, os médicos podem escolher não usar nenhuma tala. O principal objetivo da tala de silicone é evitar que o septo e a parede interna das narinas se fundam. Além disso, as talas de silicone fornecem um suporte para o nariz enquanto ele cicatriza. Os médicos geralmente colocam as talas utilizando tiras de fita adesiva e um único ponto. As talas de silicone geralmente apresentam um único buraco perfurado a fim de fornecer fluxo de ar adicional para um paciente em recuperação.

Não deixe de ver

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível

Direitos autorais © 1999-2014 Demand Media, Inc.

O uso deste site constitui plena aceitação dos Termos de Uso e Política de privacidade de eHow. Ad Choices pt-BR

Demand Media