Tratamento de câncer de mediastino

Escrito por kay wagers | Traduzido por josciel sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • E-mail

O câncer de mediastino pode ter várias formas, que incluem tumores no timo, linfomas e tumores neurogênicos. Devido à variedade de diferentes cânceres que podem se desenvolver na região do mediastino do corpo, diferentes opções de tratamento existem.

Outras pessoas estão lendo

Os fatos

No corpo humano, o mediastino é classificado como a área central do tórax entre os pulmões, e contém o esôfago, a traqueia, o timo, o coração e nódulos linfáticos. Quando o câncer de mediastino se desenvolve, os médicos o classificam de acordo com sua localização em três partes daquela região: anterior, média e posterior. Quando o câncer mediastinal ocorre em crianças, ele é usualmente localizado na parte posterior, enquanto que, em adultos, os tumores usualmente se desenvolvem na parte anterior. As opções de tratamento para esse câncer dependem do tipo de patologia e de sua localização.

Cirurgia — Invasiva

Quanto os cânceres de timo estão envolvidos, o tratamento para o câncer de mediastino geralmente envolve uma cirurgia para remover o tumor — se ele for grande, os médicos usam formas invasivas de cirurgia. Em uma esternotomia, o cirurgião divide o esterno do paciente para alcançar o tumor e, em uma toracotomia, as costelas são divididas. Esses procedimentos são muito invasivos e requerem um período de recuperação maior dos pacientes. Após a cirurgia, radioterapia ou quimioterapia pode ser prescrita para garantir que o câncer seja completamente erradicado.

Cirurgia — Não-invasiva

Opções menos invasivas de tratamento cirúrgico para cânceres do mediastino têm sido desenvolvidos. Em uma hemi-esternotomia, um cirurgião pode alcançar cânceres de timo dividindo a parte superior do esterno. Em uma cirurgia toracoscópica assistida por vídeo, um cirurgião usa uma câmera inserida em uma pequena incisão para olhar dentro do mediastino, localizar o tumor e, em seguida, remover o tecido canceroso — tudo isso sem separar as costelas. Essas cirurgias menos invasivas oferecem vantagens de ter períodos de recuperação mais curtos e, em alguns casos, a opção de ser realizadas sob anestesia local.

Radioterapia

A radioterapia é outro tratamento possível para o câncer de mediastino. A radiação é direcionada às células cancerosas, matando-as e, dependendo do tipo de câncer e onde ele está localizado, um médico pode escolher administrar a terapia a partir de uma fonte fora do corpo. Ele pode também introduzir a radiação no câncer com uma agulha ou cateter, e a radioterapia pode ser combinada com cirurgia ou quimioterapia.

Quimioterapia

No tratamento de um câncer de mediastino, a quimioterapia pode ser usada sozinha ou em combinação com radioterapia e cirurgia. Os linfomas são geralmente tratados primeiro com quimioterapia e, em seguida, com radiação. As drogas quimioterapeutas são administradas por via intravenosa nos pacientes com câncer de mediastino, e matam as células cancerosas ou, ao menos, diminuem consideravelmente o seu crescimento.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível