Tratamento veterinário para infestação de carrapatos

Escrito por savannah raine | Traduzido por márcia burke
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Tratamento veterinário para infestação de carrapatos
Os cachorros são mais propensos aos carrapatos em colinas, grama alta e bosques (dogs in the grass image by Lars Christensen from Fotolia.com)

Os veterinários preferem evitar infestação de carrapatos, sempre que possível, especialmente por causa da infecção bacteriana de borreliose transmitida por carrapatos, ou doença de Lyme. Quando o cão está infestado com carrapatos, os veterinários testam para a doença de Lyme, ao mesmo tempo que eliminam os carrapatos. Os tratamentos comuns são soluções tópicas, mas existem muitos outros métodos de eliminação da infestação.

Outras pessoas estão lendo

Soluções tópicas

As soluções tópicas são os produtos mais fáceis de usar para o controle de carrapatos. O tempo de duração para a prevenção e eliminação geralmente é o mais longo. O medicamento é aplicado mensalmente a uma pequena área na parte de trás do cão, entre as omoplatas, e os carrapatos e pulgas são eliminados em 48 horas. De acordo com PetEducation.com, ele é feito de permetrina, piretrina, imidacloprid ou fipronil. Veterinários têm uma escolha entre os produtos Advocate e Frontline. O Revolution controla somente carrapatos de cães e contém selamectina.

Sprays

Veterinários aplicam sprays ou pulverizam o produto antipulgas e anticarrapatos. Essas aplicações não encharcam o cão, mas cobrem todas as partes do seu corpo. Os olhos e ouvidos devem ser protegidos durante a aplicação usando bolas de algodão, e deve ser feita em áreas bem ventiladas. A frequência do tratamento varia de acordo com o produto. De acordo com o site PetEducation.com, sprays contêm permetrina ou piretrina.

Veterinários podem optar por aplicar um pó para controle de carrapatos. Embora sejam fáceis de administrar, eles tendem a criar sujeira. Se o cão tiver asma, um insecticida em pó não deve ser utilizado, pois existe uma possibilidade de ser inalado. Como os sprays, pós devem ser aplicados em áreas bem ventiladas. De acordo com PetEducation.com, eles geralmente contêm piretrina.

Soluções

Veterinários aplicam soluções no cão. Estas geralmente deixam algum resíduo e, por precaução, são aplicadas em áreas bem ventiladas. Para proteger o cão de efeitos colaterais, os veterinários costumam colocar bolas de algodão nos ouvidos do cão e pomada oftálmica nos olhos antes da aplicação. As soluções geralmente contêm permetrina ou piretrina, de acordo com PetEducation.com.

Xampus

Os xampus para cães livram-nos dos carrapatos que já têm em seu corpo. Alguns, no entanto, têm efeitos residuais. Os veterinários colocam o produto em todo o corpo do cão e, geralmente, deixam por pelo menos dez minutos antes de enxaguar completamente. O site PetEducation.com observa que xampus normalmente contêm piretrina.

Coleiras

Ocasionalmente, os veterinários colocarão uma coleira no cão. Para ficar bem colocada, é necessário que tenha um espaço de dois dedos entre a coleira e o pescoço do animal. Assim, não a mastigarão. O que sobra deve ser cortado com uma tesoura. A eficácia varia muito, e muitas são estragadas se molhadas. De acordo com PetEducation.com, alguns cães ficam irritadiços com o uso. Se isso ocorrer, um produto de controle de carrapato diferente deverá ser usado.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível