Como tratar abortos e problemas com natimortos em caprinos

Escrito por cate burnette | Traduzido por joão melo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como tratar abortos e problemas com natimortos em caprinos
Como tratar abortos e problemas com natimortos em caprinos (John Foxx/Stockbyte/Getty Images)

As cabras abortam mais comumente de forma espontânea durante os dois últimos meses da gestação -- abortos mais precoces podem não ser detectados. Existem muitas causas para abortos e natimortos de caprinos (cabras e ovelhas), incluindo o estresse, a toxicidade de plantas, a má nutrição, a sobrecarga parasitária e vários agentes infecciosos. Como algumas dessas infecções podem se espalhar para os seres humanos, como a toxoplasmose, clamídia e febre Q, é importante que todos os proprietários de cabra acompanhem de perto a gestação para ficarem atentos a qualquer sinal de doença e garantir que todos os filhotes nasçam saudáveis​​. Quando a cabra aborta ou tem um natimorto, o tratamento veterinário da mãe, do ambiente próximo e do rebanho é necessário para evitar a propagação de qualquer doença.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Estábulo ou curral para isolamento
  • Recipientes de alimentação e baldes de água separados
  • Luvas de borracha descartáveis
  • Cotonetes esterilizados (podem ser obtidos com seu veterinário)
  • Pequeno saco plástico
  • Saco de plástico à prova de vazamento e para materiais pesados
  • Medicamentos prescritos
  • Desinfetante líquido

Lista completaMinimizar

Instruções

    Tratamento da cabra e do ambiente

  1. 1

    Isole a cabra do rebanho imediatamente, colocando-a em um estábulo ou curral onde ela não terá nenhum contato com o rebanho até que um veterinário tenha determinado o que causou a morte fetal. Separe os equipamentos de alimentação e água, bem como os próprios alimentos e a água da cabra enquanto ela estiver em isolamento, certificando-se de usar luvas e lavar as mãos e botas quando entrar em contato com a cabra e o rebanho.

  2. 2

    Verifique a vagina da cabra quanto a restos placentários (eles normalmente serão vistos saindo da abertura vaginal). Este não é um acontecimento normal em cabras e o veterinário deve ser notificado imediatamente se alguma coisa ficar para trás.

  3. 3

    Passe um cotonete esterilizado na vagina da cabra se o veterinário não puder examiná-la em três dias. Coloque o cotonete em um pequeno saco plástico para passar por testes diagnósticos.

  4. 4

    Coloque o feto morto e a placenta em um saco plástico à prova de vazamento e para material pesado para o veterinário examinar. Use luvas ao lidar com qualquer material da gestação e coloque os restos em um frigorífico se o veterinário não for capaz de verificá-lo imediatamente.

  5. 5

    Permita que o seu veterinário colete amostras de sangue da cabra, bem como várias amostras de seu rebanho, a fim de ajudar no diagnóstico e determinar a saúde geral do resto dos animais.

  6. 6

    Administre qualquer medicamento ou antibiótico de uso veterinário prescritos durante o tempo de tratamento recomendado.

  7. 7

    Desinfete a área onde o aborto ou saída do natimorto ocorreu, removendo todas as forragens sujas e queimando-as, se possível. Quando isso for feito, utilize um spray desinfetante líquido no chão e nas paredes do estábulo. Se a fêmea estava em um curral aberto ou pasto com o rebanho, mova o rebanho para outro curral ou pastagem, se possível. Se a movimentação não for viável, cerque temporariamente a área do parto e espirre spray com desinfetante.

Dicas & Advertências

  • Manter o seu rebanho com as vacinas em dia pode prevenir a maioria das doenças infecciosas.
  • Isole novas adições ao seu rebanho por 60 a 90 dias antes da sua integração; todas as doenças devem tornar-se sintomáticas durante esse período.
  • Verifique se o seu rebanho tem sempre alimentos frescos e água, forragem limpa para se deitar e um ambiente livre de estresse para ajudar a fortalecer o sistema imunológico.
  • Manter os alimentos fora do solo pode reduzir a contaminação por fezes e controlar a presença de bactérias e parasitas.
  • Nunca ignore os abortos espontâneos ou natimortos em seu rebanho. Segundo a Dra. Susan L. McClanahan, do University of Minnesota College of Veterinary Medicine, em seu artigo “Caprine Abortion (Prevention and Control)”, a maioria das cabras aborta espontaneamente ou dá à luz natimortos por causa de algum tipo de agente infeccioso. Essa infecção pode se espalhar por todo o rebanho e frequentemente é zoonótica -- o que significa que pode ser transmitida aos seres humanos. É imperativo que os proprietários de cabras monitorem seus rebanhos de perto quanto a qualquer sinal de doença.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível