Como tratar a dor após herpes-zoster

Escrito por ehow contributor | Traduzido por angela spada
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como tratar a dor após herpes-zoster
A erupção cutânea do herpes-zoster ocorre SEMPRE APENAS em um dos lados do corpo e NÃO cruza a sua linha média. É tipicamente dolorosa e as lesões parecem cruentas

A dor após um surto de herpes-zoster (também referida como neuralgia pós-herpética) pode aumentar e diminuir, às vezes com duração de meses, e pode ser muito intensa. Herpes-zoster é um tipo de vírus que pode ocorrer em qualquer parte do corpo ao longo de um dermátomo (uma linha em que os nervos correm), como no rosto, braços e pescoço.

O tratamento da dor causada por herpes-zoster que ocorre no peito é muito importante, pois pode comprometer sua qualidade de vida e ser muito perigosa para indivíduos idosos, assim como para aqueles com afecções respiratórias.

Toda neuralgia pós-herpética requer cuidados, atenção e tratamento. A dor do herpes-zoster pode ser uma afecção médica longa e incômoda, mas existem muitos tratamentos eficazes. Seguem algumas opções.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

O que você precisa?

  • Diagnóstico confirmado de neuralgia pós-herpética
  • Conhecimento tanto da dor como dos sinais e sintomas pós-herpéticos
  • Conhecimento de quais são as medicações e problemas do autotratamento nos cuidados da dor pós-herpética

Lista completaMinimizar

Instruções

  1. 1

    Herpes-zoster pertence à família Herpesvirus e ocorre ao longo de um trajeto nervoso em UM LADO DO CORPO, SOMENTE. Como você verá pelo seu traçado, ele segue abaixo dos nervos tipicamente em um trajeto que pode resultar em múltiplas deflagrações de choques e causando terminações nervosas "esfiadas", que podem ser muito dolorosos independentemente do local do corpo afetado. Mas, quando aparecem no peito, podem impedir que a pessoa respire profundamente (devido à dor) e até levar à pneumonia.

  2. 2

    Depois de confirmado o diagnóstico de neuralgia pós-herpética, você e seu médico devem montar um plano de tratamento que inclua o uso de medicações, imobilização, exercícios e outras modalidades.

  3. 3

    São inúmeras as medicações que podem ser usadas no tratamento da neuralgia pós-herpética e que funcionam em terminações nervosas "esfiapadas", desde o Lidoderm, um anestésico, até os antidepressivos tricíclicos e anticonvulsivantes em baixa dose. Uma medicação bem recente, aprovada para neuralgia pós-herpética, é a Lyrica (pregabalina). O medicamento atua mediante redução do número de impulsos elétricos extras enviados pelos nervos danificados e alivia a dor. Lyrica mostrou-se eficaz e seguro em numerosos estudos. Mas você o seu médico devem examinar todas as opções médicas e decidir juntos o que parece ser a melhor opção. Pode até ser necessário o uso de narcóticos para ajudar a controlar a dor. Você e seu médico devem "iniciar com baixa dose e ir devagar", em um plano de tratamento em acordo mútuo.

  4. 4

    A dor do herpes-zoster no peito (ou em qualquer outra parte corporal importante) também pode ser reduzida com meditação, oração, relaxamento respiratório e imobilização das partes afetadas do corpo.

Dicas & Advertências

  • Saiba quais são as opções de tratamento.
  • Não sofra com um plano de tratamento que não está funcionado bem. Volte ao seu médico e discuta suas outras opções.
  • Aprenda ou reaprenda os métodos de relaxamento.
  • A prevenção agora é possível para indivíduos com 60 anos e acima com uma vacina chamada Zostavax.
  • Este artigo destina-se apenas a fins informativos. Somente um profissional de saúde licenciado pode diagnosticar e tratar qualquer afecção clínica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível