Como tratar o hipogonadismo masculino

Escrito por ehow contributor | Traduzido por josciel sousa
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como tratar o hipogonadismo masculino
Trate o hipogonadismo masculino

O hipogonadismo masculino ocorre quando é produzida menos testosterona do que o corpo precisa. Existem dois tipos diferentes de hipogonadismo, o primário e o secundário. O primário ocorre quando existe um problema no testículo e o secundário pode ser uma consequência de um problema na hipófise. As causas de hipogonadismo incluem desordens genéticas, infecções, como a caxumba, e lesões no testículo ou na hipófise por traumas ou tratamentos de câncer como a radioterapia. Continue lendo para saber como tratar o hipogonadismo masculino.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Localize os sintomas. O hipogonadismo pode estar presente ao nascimento ou se desenvolver em um período mais tardio. Os sintomas podem variar dependendo da idade de início. Podem incluir genitálias masculinas subdesenvolvidas, aumento da gordura corporal, perda de massa muscular, desenvolvimento de seios e infertilidade.

  2. 2

    Procure um endocrinologista. Um médico que se especializou em desordens hormonais será capaz de avaliar os sintomas e pedir os testes necessários para confirmar o diagnóstico de hipogonadismo. Os testes pedidos irão incluir um exame de sangue para determinar os níveis hormonais, estudos genéticos e, dependendo da idade do paciente, um espermograma.

  3. 3

    Tome hormônios. O hormônio usualmente prescrito é a testosterona. Ela pode ajudar com as características masculinas secundárias como o aumento da massa muscular, engrossamento da voz e crescimento de pelos faciais. Pode também aumentar o impulso sexual. A testosterona pode ser tomada na forma de um gel, adesivo, injeção ou oralmente.

  4. 4

    Faça cirurgia. Se a causa do hipogonadismo for um tumor na pituitária, será necessária cirurgia para removê-lo. Outros tratamentos podem ser necessários como a radioterapia. Se houver lesão na pituitária, pode ser indicado um tratamento hormonal adicional.

  5. 5

    Procure tratamento para infertilidade se necessário. As técnicas de reprodução assistida estão disponíveis e podem ajudar um homem com hipogonadismo. Um especialista em fertilidade será capaz de avaliar sua situação particular e decidir um tratamento apropriado. Existe também tratamento para disfunção erétil. Fale com o seu médico sobre as opções de tratamento.

  6. 6

    Esteja ciente dos problemas emocionais que um homem com hipogonadismo pode enfrentar. Dependendo da idade, ele pode sofrer bullying na escola se a puberdade demorar a começar. Os adultos podem ter falta de confiança e se sentir diferentes. Fale com o seu médico sobre grupos de aconselhamento e de suporte para ajudar a lidar com os problemas emocionais.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível