Mais
×

Como tratar vômitos acompanhados de diarreia em gatos

Atualizado em 21 novembro, 2016

Os gatos são notoriamente exigentes, assim como seus sistemas digestivos. Da mesma forma que os humanos, eles podem ser atingidos por crises de vômitos e diarreia se comerem algo que não esteja de acordo com eles, ou se tiverem uma crise estomacal. Os vômitos e a diarreia nos gatos geralmente se resolvem sozinhos. Aqui está como tratá-los em casa enquanto espera que isso passe ou que o veterinário ligue de volta.

Instruções

Gato (Martin Poole/Photodisc/Getty Images)

    Remova a comida e a água

  1. Se o seu gato está vomitando e tem diarreia, comece o tratamento retirando a comida e a água temporariamente, para dar ao sistema digestivo dele uma chance de melhorar. Retire-os por um máximo de seis horas. Durante esse período, assegure-se de que o gato possa descansar em algum lugar seguro e tranquilo.

  2. Durante esse período de seis horas, faça um pouco de caldo de galinha caseiro para o seu gato. Cozinhe um pedaço de peito de frango em uma panela de água por algumas horas. Não adicione cebola, alho ou sal. Remova o frango e reserve no refrigerador.

  3. Adicione duas ou três gotas de pedialyte sem sabor ao caldo. Isso irá assegurar que o gato mantenha o equilíbrio adequado de eletrólitos e não fique desidratado. Se ele for diabético, não adicione o pedialyte ao caldo, porque ele contém açúcar. Dê o caldo puro.

    Reintroduzindo alimento e água

  1. Após seis horas, tente oferecer ao gato uma pequena quantidade (uma colher de sopa ou duas) de caldo de frango.

  2. Espere uma hora, observando o gato à procura de quaisquer sinais a mais de vômito e diarreia. Ofereça a ele mais algumas colheres de sopa do caldo.

  3. Se ele conseguir manter o caldo no estômago, no final da próxima hora pode-se aumentar a quantidade para 1/4 de uma xícara.

  4. Continue oferecendo o caldo em pequenas quantidades durante o dia.

  5. Após 12 horas, se o seu gato tolerou o caldo sem mais sinais de vômitos ou diarreia, você pode começar a introduzir alimentos sólidos macios. Misture o arroz branco com 1/4 do peito de frango desfiado. Adicione o iogurte ou as bactérias digestivas benéficas, se você tiver.

  6. Ofereça ao gato esse alimento macio em pequenas quantidades ao longo do dia, junto com água ou caldo.

  7. Limpe a caixa de areia do gato completamente. Se a doença dele foi algo infeccioso, deve-se evitar que ele se infecte novamente ou espalhe os germes para outros gatos da casa.

  8. Se não percebeu mais sinais de vômitos ou diarreia, no dia dois, comece a misturar metade do alimento macio com metade da dieta regular do seu gato.

  9. Continue observando seu gato por sinais de vômitos e diarreia pela próxima semana. Se esses sintomas forem persistentes, isso significa que ele necessita ir a um veterinário para diagnóstico e tratamento.

Aviso

  • Não dê ao seu gato caldo de frango enlatado. A maior parte é feita com cebolas, o que pode causar anemia. Se não tiver frango, dê água pura.
  • Se o vômito ou a diarreia persistirem por mais de 24 horas, leve o gato a um veterinário imediatamente. Os gatos que passam mais de um dia sem a nutrição adequada podem desenvolver problemas do fígado, especialmente se já estiverem com excesso de peso. Além disso, esses dois problemas podem levar à desidratação.
  • Se o animal tiver febre, crises de vômito e diarreia regularmente ou problemas de saúde pré-existentes, leve-o ao veterinário imediatamente.

O que você precisa

  • Caixa de areia limpa
  • Água
  • Pedialyte sem sabor ou produto similar (se o seu gato for diabético, pule essa parte)
  • Um peito de frango (com osso)
  • 1/2 xícara de arroz branco cozido
  • 1 colher de chá de iogurte integral com culturas ativas ou uma cultura de bactérias digestivas "boas" (opcional, mas útil)
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article