Como treinar um cão a não morder ou rosnar para crianças

Escrito por elle stober | Traduzido por rayssa amorim
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como treinar um cão a não morder ou rosnar para crianças
Os cães podem se tornar grandes amigos (boys first puppy image by Leticia Wilson from Fotolia.com)

Treine um filhote de cachorro a não morder ou rosnar para crianças – ou qualquer outra pessoa –, ao ensinar a ele e às crianças sobre interações aceitáveis. Os cães precisam de socialização desde filhotes e as crianças se beneficiarão das conversas sobre o tratamento e cuidado com esses animais. Contanto que ambos sigam algumas regras básicas, as crianças e os cães podem brincar a vontade.

Nível de dificuldade:
Moderadamente desafiante

O que você precisa?

  • Filhote de cachorro
  • Criança

Lista completaMinimizar

Instruções

    Instruções

  1. 1

    Socialize com o seu filhote de cachorro, expondo-o às crianças frequentemente, em casa, em parques e outros lugares, sejam elas visitantes ou não. Isso ajuda o cão a se acostumar com os sons e imagens das crianças, reduzindo qualquer ansiedade que possa sentir sobre como reagir aos hábitos infantis como rir, chorar, correr, pular, gritar, etc.

  2. 2

    Dê ao seu cão oportunidades de exercício e interação, não o mantenha acorrentado no quintal. Isso o deixará agressivo, deprimido e doente. A reação de um cachorro, que vive assim, à alguém que entra em seu território será agressiva, já que ele sabe que não conseguirá fugir, e poderá interpretar qualquer atenção humana como uma ameaça.

  3. 3

    Ensine as crianças que elas não devem bater nos filhotes, jogar coisas neles, gritar ou provocá-los enquanto brincam. Ensine-as a manter distância dos cães que estiverem comendo, dormindo ou doentes. Não deixe crianças pequenas alimentarem os cães. Ensine-as a se mover lenta e silenciosamente ao redor dos filhotes, e evitar encará-los.

  4. 4

    Aconselhe as crianças a se aproximar lentamente de cachorros que estão conhecendo pela primeira vez, com uma mão estendida e fechada. Deixe-o cheirar a mão da criança antes que ela possa brincar com ele. Evite que elas brinquem de perseguir ou de cabo-de-guerra com cachorros, já que esses jogos estimularão os instintos naturais do cão e eles podem se tornar agressivos.

  5. 5

    Preste atenção às ações de um cão com que você ou o seu filho está interagindo. Leia a linguagem corporal do cachorro, à procura de sinais de que ele se sinta ameaçado ou agressivo, como fechar a boca, virar para a pessoa, arregalar os olhos, olhar para a mão ou olhos da pessoa. Sinais claros de agressão incluem corpo enrijecido, rosnado, cabeça baixa, orelhas viradas para trás, olhos semicerrados, pelos em pé nas costas e cauda estendida em uma linha reta.

  6. 6

    Ensine ao seu cão que morder ou rosnar para crianças, e adultos, é inaceitável. Repreenda-o imediatamente se ele desobedecer, usando um comando curto como "Não". Tire a criança da área e leve o cão para o banheiro ou casinha. Faça isso sempre que ele repetir esse comportamento. Os filhotes já com dentes podem reagir roendo e mastigando os dedos e outras partes do corpo; se ele o fizer, diga "não" e logo elogie-o quando parar.

  7. 7

    Nunca deixe crianças menores de 5 anos sozinhas com cães. Elas podem se machucar ou irritá-los, causando dano ao cão ou provocando uma resposta agressiva. Durante brincadeiras, o filhote pode ficar tão animado que moderá a criança, sem intenção de causar ferimentos, mas, ainda assim, causando-os.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível