Vermífugo caseiro para cavalos

Escrito por jenny seib | Traduzido por andressa v. da nobrega
Vermífugo caseiro para cavalos
Vermífugos naturais têm menos efeitos colaterais (Ablestock.com/AbleStock.com/Getty Images)

Se você tem cavalos ou pôneis, também deve enfrentar problemas com vermes. Cada vez mais proprietários de cavalos estão descobrindo que vermífugos tradicionais que usam fortes produtos químicos têm se tornado menos eficazes à medida que aumenta a resistência dos vermes. Além disso, para combater a resistência, vários desses compostos químicos têm níveis de toxicidade elevados, o que pode levar a outras complicações. Como alternativa, donos de cavalos estão procurando por vermífugos caseiros naturais ou feitos com ervas.

Vantagens de vermífugos caseiros naturais para cavalos

Pode ser muito recompensador saber que você está administrando um vermífugo eficaz sem efeitos adversos, como reações alérgicas ou danos internos, causados por altos níveis de toxicidade. Vermífugos naturais ou à base de ervas são preparados com ervas encontradas na natureza, não com substâncias criadas em laboratório, então efeitos adversos negativos são quase inexistentes.

Vermífugos naturais para cavalos funcionam simplesmente limpando as vísceras. Como benefício adicional, muitas das ervas amargas usadas em vermífugos naturais também repelem parasitas externos, como carrapatos e mosquitos. Também ajudam os cavalos a desenvolver um sistema imunológico mais forte, tornando mais provável que possam resistir a futuras infestações de vermes. São uma abordagem holística para eliminar parasitas que possam estar atacando seu cavalo e para cuidar da saúde do animal como um todo.

Que ervas são usadas em vermífugos para cavalos?

Apesar de vermífugos caseiros para cavalos à base de ervas ainda não terem sido testados e aprovados cientificamente, têm se mostrado eficazes por milhares de proprietários de cavalos que se mostraram satisfeitos.

O remédio natural mais eficaz para oxiúros e lombrigas é o absinto. O alho também é eficaz contra lombrigas, assim como ancilóstomos, oxiúros e tênias. Aloe vera (babosa), arruda e tanásia são bons contra todos os parasitas. Todavia, éguas grávidas não devem tomar absinto, aloe vera (babosa) ou arruda, pois essas plantas podem levar a contrações prematuras ou outras complicações. Outras ervas eficazes são o rábano, o trevo vermelho, o gengibre, o tomilho, a pimenta caiena e os botões de cravo.

Apesar da noz preta ser eficaz contra vermes que atacam seres humanos, já afirmou-se que pode ser tóxica para cavalos e outros animais. Tenha cuidado ao administrar um vermífugo que contenha essa planta.

Quando usar o vermífugo

A frequência com que você deve usar o vermífugo depende de condições ambientais e de outros fatores importantes para seu cavalo. Um exame de fezes é recomendado para determinar o tipo e nível de saturação de vermes no animal. Pode ser necessário usar primeiro um vermífugo químico e então progredir para o tratamento natural para garantir a erradicação. Algumas receitas de vermífugos naturais para cavalos recomendam um tratamento uma vez por semana, enquanto outros sugerem uma dose a cada seis a oito semanas. Seu plano de tratamento vai depender da severidade da infestação, da receita escolhida e dos vermes detectados. Não importa qual receita que você use, seus cavalos -- e seus corpos, que ficarão livres de vermes e substâncias químicas -- vão lhe agradecer por isso.

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível