O que faz um vidro quebrar em uma lareira a gás?

Escrito por ronald bell | Traduzido por vitor pacheco leepkaln
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que faz um vidro quebrar em uma lareira a gás?
Portas de vidro na lareira nos protegem do fogo se forem seguras (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Nada é tão agradável quanto uma lareira a gás em uma noite fria de inverno. Nós presumimos que as portas de vidro da lareira irão nos proteger de possíveis ferimentos e incêndios. No entanto, ainda que seja raro, essas portas podem falhar por vários motivos. Se você possuir uma lareira a gás em sua casa, é importante estar ciente do risco de as portas de vidro quebrarem e do que pode levá-las a quebrar.

Outras pessoas estão lendo

Vidro temperado

Uma lareira a gás padrão utiliza vidro temperado para aguentar o calor necessário e respeita os requisitos de segurança e resistência mecânica. O vidro temperado para lareiras é resistente a um calor de 200 ºC a 260 ºC. Ele é um tipo de vidro cujas resistências ao choque térmico e outras características foram modificadas através de tratamento térmico. Por isso, é mais forte e exibe padrões ao quebrar que são menos perigosos. Mesmo sendo seguro, existem casos em que o vidro irá quebrar.

Têmpera inadequada

Se o vidro não for temperado adequadamente, ele será mais propenso a quebrar sob pressão. A têmpera adequada do vidro é um processo demorado e alguns fabricantes são menos conscientes que outros. Acelerar o processo de fabricação pode diminuir os custos de produção e aumentar a rentabilidade. Uma têmpera pobre também pode provocar a quebra do vidro de maneiras que muitas vezes resultam em pedaços grandes e mais perigosos.

Calor excessivo

Lareiras a gás certificadas pela UL são projetadas para utilizar apenas gás, e seu vidro temperado é projetado para temperaturas associadas a ele. Queimar outras coisas além do gás é perigoso. Evite o uso de combustíveis como madeira, caixas de papelão e papel em uma lareira a gás, pois eles geram temperaturas mais altas do que o gás. O calor excessivo pode causar a quebra do vidro.

Cortes ou rachaduras

Vidros indevidamente manipulados ou instalados podem sofrer cortes e rachaduras nas bordas. De acordo com o site Glassonweb.com, "a manipulação indevida e a instalação imprópria produzem danos, o que leva à 'quebra espontânea' ou 'quebra retardada'". Isso é mais comum com vidros que tenham sido instalados incorretamente, mas pode acontecer com um que tenha vindo do fabricante com defeito. Não é incomum que o vidro com esses defeitos latentes só quebre semanas ou meses depois.

Expansão térmica

Se o vidro da lareira não for temperado, o calor dela causará a expansão térmica e o vidro irá rachar. As rachaduras serão longas, ao contrário da pequena e em formato de cubo que é produzida no vidro temperado quando estilhaçado. Esta situação acontece quando a lareira foi consertada por um técnico inexperiente. É improvável que lareiras novas tenham esse problema.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível