Vitamina D3 e Artrite Reumatóide

Escrito por deborah lundin | Traduzido por claudia anselmo
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vitamina D3 e Artrite Reumatóide
Artrite reumatóide pode causar dor nas juntas e deformidades. (Comstock/Comstock/Getty Images)

Vários estudos, como um na edição de Novembro de 2010 da revista “Seminars in Arthritis and Rheumatology” (Seminários em Artrite e Reumatologia) ligaram a vitamina D-3 com doenças autoimunes como a artrite reumatoide. Um relatório de 2009 na revista “Archives of Internal Medicine” (Arquivos de Medicina Interna) mostrou que aproximadamente 77 porcento dos americanos tinham deficiência em vitamina D e um estudo recente de 2010 realizado pela Mayo Clinic College of Medicine (Escola de Medicina da Clínica Mayo) descobriram que casos de artrite reumatoide estão crescendo em mulheres caucasianas e os pesquisadores acreditam que a culpa é de um crescimento na deficiência de vitamina D.

Outras pessoas estão lendo

O que é vitamina D-3?

A vitamina D é um nutriente solúvel em gordura que é quebrada em dois componentes, a vitamina D-2 e vitamina D-3. A vitamina D-2 é feita utilizando plantas e é o tipo que é usado para fortificar alimentos como leite. A vitamina D-3 é a forma natural que seu corpo cria quando a pele é exposta aos raios ultravioletas B do Sol. A vitamina D-3 também pode ser encontrado em produtos animais, mais especialmente em óleo de peixe, como o salmão. A vitamina D é mais eficiente para os humanos na forma D-3, e esta forma também possui uma grande habilidade de manter um nível saudável da vitamina D no sangue. A vitamina D é necessária para o fortalecimento dos ossos e crescimento e também tem um papel importante na saúde do sistema imunológico.

O que é a Artrite Reumatóide?

De acordo com a Fundação da Artrite, a artrite reumatóide ou AR não é apenas um tipo de artrite inflamatória, mas também é uma doença do sistema imunológico. O sistema imunológico do corpo foi criado para lutar contra infecções de vírus e bactérias, mas se você sofrer de artrite reumatóide, seu sistema imunológico cria uma guerra contra seu próprio corpo. Ele ataca o fluído sinovial e tecido encontrado entre as juntas e causa o inchaço, diminuição na amplitude de movimento, fadiga e deformidade nas juntas e nos ossos. Não existe cura para AR, contudo, algumas vezes ela pode entrar em remissão. Períodos de atividades aumentadas da doença são chamadas de "flares."

Pesquisa da Vitamina D

Vários estudos se concentraram na conexão entre a vitamina D e as doenças autoimunes como a artrite reumatóide. Um artigo publicado no “Israel Medical Association Journal” (Jornal da Associação Médica Israelense), conta que em março de 2010 foram estudados 50 indivíduos saudáveis. O objetivo era verificar como a vitamina D influenciava a criação das células T reguladoras no corpo. As células T trabalham para regularizar o sistema imunológico. O que eles descobriram foi que altas doses de suplemento de Vitamina D em indivíduos saudáveis aumentava a produção destas células T reguladoras. Com a deficiência da vitamina D, os números destas células T são muito menores. Este pode ser o problema que liga a deficiência de vitamina D com casos de artrite reumatóide e outras doenças autoimunes.

Suplementação de Vitamina D

Quando se trata do suplemento de qualquer vitamina, consulte seu médico. No caso da vitamina D, peça ao seu médico para realizar um exame 25 hidroxivitamina D, ou exame 25(VD) para verificar sua deficiência. Se você for deficiente em vitamina D, o tratamento padrão para a deficiência é um ciclo de oito semanas de 50.000 unidades internacionais, ou UI de vitamina D. Seu sangue será testado novamente e o ciclo repetido se os seus níveis não tiverem atingido o nível ideal. Em se tratando de doenças autoimunes e quanta vitamina D você deve ingerir diariamente, os médicos e pesquisadores ainda estão pesquisando. Enquanto o Instituto de Alimentos Medicinais e Conselho de Nutrição recomenda 600 UI por dia para os adultos, os pesquisadores e médicos como o Dr. Michael Horlick acreditam que você deve ingerir 1.000 a 2.000 UI por dia, especialmente aqueles indivíduos com doença autoimune. Consulte seu médico e veja o que ele acredita que será o melhor ciclo de suplementação para você. Alguns medicamentos também podem afetar os níveis de vitamina D, e ele levará isso em consideração e ajustará conforme for necessário.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível