Vitamina D e função do rim

Escrito por michaele curtis | Traduzido por mariana pelicano
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vitamina D e função do rim
Os rins são órgãos muito importantes para o corpo (http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/2/2f/500_mg_calcium_supplements_with_vitamin_D.jpg)

Seus rins são dois dos órgãos mais importantes em seu corpo. Eles desempenham muitas funções essenciais para a saúde, incluindo filtrar seu sangue de toxinas, balancear elementos químicos em seu corpo e liberar hormônios e vitaminas. A vitamina D é um dos hormônios que os rins produzem. Ela é necessária para aumentar a circulação de cálcio e fósforo, dois minerais necessários para a saúde dos ossos. Se você tiver falência renal e seus rins pararem de produzir vitamina D, isso desligará todo o seu metabolismo.

Outras pessoas estão lendo

Funções

Seus rins representam a maior parte do sistema urinário, juntamente com a bexiga, uretra e ureteres. Esse par de órgãos em formato de feijão remove as toxinas do corpo produzindo urina e excretando-a através da bexiga e da uretra. Além disso, ao filtrar o sangue, os rins também ajudam a regular a pressão sanguínea, o nível de eletrólitos e o balanço ácido-base do corpo. Eles também são uma parte importante do processo de produção hormonal, incluindo a vitamina D, que é necessária para manter os ossos saudáveis e fortes.

Estrutura

Os rins são encontrados atrás do abdome, um de cada lado do baço. O sangue entra nos rins através das artérias renais. Lá, as toxinas são filtradas do sangue e então este é devolvido à circulação através das veias renais. Cada rim é também conectado a um ureter, pequenos dutos musculares que drenam a urina dos rins e a levam até a bexiga. Como regra, seu rim esquerdo é, geralmente, maior que o direito.

Vitamina D

Como mencionado acima, seus rins produzem calcitriol, também conhecido como vitamina D ativa. Surpreendentemente, a vitamina D é, na verdade, um hormônio que aumenta a circulação de cálcio e fósforo, minerais necessários para ossos fortes. Primeiro, ela auxilia seu corpo a absorver esses dois minerais da comida que você ingere. Ela também estimula seus ossos a liberarem depósitos armazenados de cálcio e fósforo no fluxo sanguíneo como necessário. E, finalmente, indica aos rins para não excretar esses minerais na urina.

Falência

Se algum trauma severo ou doença nos rins levarem à falência renal, os rins não conseguem mais ativar a vitamina D. Os níveis de fosfato e cálcio subitamente tornam-se incontroláveis. Os níveis de cálcio caem e os de fósforo aumentam e nenhum dos dois é bom para o seu corpo. O resultado é muito fósforo circulando no sangue, formando fosfato de cálcio. Esse fosfato de cálcio cristaliza em tecido macio, o que faz com que seus ossos pensem que não há cálcio no sangue. Seus ossos, então, começam a liberar todo o cálcio armazenado até que acabe. Sem cálcio armazenado, os ossos tornam-se fracos, macios e maleáveis. Os cristais de fosfato de cálcio começam a inflamar os tecidos macios e nenhum dos tecidos envolvidos pode funcionar normalmente.

Prevenção/Tratamento

Se você apresentar falência renal e uma subsequente deficiência de vitamina D, seu médico pode prescrever suplementos de vitamina D para garantir que seu metabolismo fique estável. A chave para minimizar os efeitos da falência renal é o diagnóstico precoce. Se a falência for detectada cedo o suficiente, você pode estar apto a iniciar a terapia com vitamina D antes que consequências sérias ocorram. Infelizmente, a falência renal pode também apresentar poucos sintomas inicialmente. Um dos primeiros sintomas é uma crescente dificuldade para urinar, juntamente com letargia, dor abdominal e náusea. Se apresentar esses sintomas, deve consultar seu médico imediatamente, para um diagnóstico profissional.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível