Vitaminas para o Transtorno Afetivo Sazonal

Escrito por amy cates | Traduzido por laísa nascimento
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Vitaminas para o Transtorno Afetivo Sazonal
O transtorno afetivo sazonal é uma doença que deve ser levada a sério (Visage/Stockbyte/Getty Images)

Não importa se você chama de tristeza de inverno ou blábláblá de inverno, os sintomas emocionais que, as vezes, acompanham dias curtos e de clima mais frio, podem ser um sinal de uma doença mais séria chamada Transtorno Afetivo Sazonal. Medicamentos e terapia são comumente usados para aliviar os sintomas, mas uma dieta rica em certas vitaminas e minerais podem ajudar também.

Outras pessoas estão lendo

Sintomas

Os sintomas do TAS incluem tédio, fadiga, perda de interesse em atividades regulares, perda de interesse de socialização, diminuição pronunciada de energia, irritabilidade e sentimentos de depressão e apatia. O TAS é diferente de outros tipos de depressão, uma vez que ocorre geralmente na mesma época de cada ano. Durante o outono e o inverno, você pode se sentir mau humorado e letárgico. Em alguns casos, o TAS pode ocorrer na primavera e no começo do verão.

Vitamina D

A vitamina D se forma naturalmente dentro do organismo, quando sua pele é exposta ao sol. À medida em que os dias se tornam mais curtos e ocorre diminuição na quantidade de luz solar, seus níveis de vitamina D caem. Para alguns pacientes, suplementos de vitamina D pode melhorar os sintomas.

Vitamina B

Algumas vitaminas B demonstraram um papel eficaz na proteção contra a depressão, de acordo com o The New York Times. A vitamina B3, ou niacina, desempenha um papel importante juntamente com o aminoácido triptofano na produção de serotonina - o neurotransmissor alvo de muitos antidepressivos. Por isso, o suplemento de niacina pode ser benéfico para os de sofrem de TAS e que precisam de um incentivador de humor. A B3 está naturalmente presente em salmão, sardinha, grãos inteiros, cereais fortificados secos, frango, feijão e ervilhas secas.

A vitamina B12 pode ajudar a aliviar a depressão em mulheres com depressão pré-menstrual ou pós-parto e pode ajudar pacientes com TAS. Estudos formais foram inconclusivos a respeito dos benefícios da B12 no tratamento de depressão clínica. Folato, que também é uma vitamina B, pode elevar o humor e melhorar a eficiência de antidepressivos.

Vitamina C

Quando usada juntamente de bioflavonoides, a vitamina C pode ajudar a reduzir a ansiedade e elevar os níveis de energia. Bioflavonoides estão presentes em todas as comidas que vêm de plantas, inclusive frutas cítricas. Esses compostos são anti-inflamatórios e trabalham na prevenção de danos causados por radicais livres. Eles previnem a oxidação da vitamina C, tornando-a mais efetiva e melhor absorvida.

Minerais

Magnésio e cálcio são essenciais para o funcionamento do sistema nervoso, e o magnésio, particularmente, pode aliviar sintomas de depressão. Se a ingestão de cálcio é alta, a absorção do magnésio e seus efeitos podem ser comprometidos. O magnésio e o cálcio trabalham em conjunto para manter a saúde do coração e entregar mensagens dos nervos. Balanceie o consumo desses minerais, certificando-se de que o magnésio não compita com o cálcio. O magnésio está presente naturalmente em grãos inteiros, vegetais verdes, feijão, peixe e nozes. Fontes de cálcio incluem espinafre, verduras (como nabo ou couve), couve-de-bruxelas, acelga, iogurte, leite e queijo.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível