Como voltar ao trabalho após um aborto espontâneo

Escrito por rachel lister | Traduzido por andressa v. da nobrega
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como voltar ao trabalho após um aborto espontâneo
Perder um bebê é uma experiência traumática (BananaStock/BananaStock/Getty Images)

Voltar ao trabalho após um aborto, ocorrido em qualquer momento ao longo da gestação, pode ser uma experiência estressante. Cuide de si mesma em primeiro lugar, seja tirando algum período de folga, esperando até contar às pessoas o que aconteceu, ou dizer a todos de uma só vez para que não tenha que ficar repetindo as explicações. Perder um bebê é devastador e você tem o direito de dar tempo à sua dor.

Outras pessoas estão lendo

Fatos

Um aborto espontâneo é definido como a interrupção da gravidez antes que o bebê pudesse ter se formado. Isso geralmente ocorre por volta da 24ª semana de gestação. A maioria dos abortos acontecem antes da 13ª semana de gravidez. Contudo, não importa em qual estágio da gestação o aborto aconteça, ele é devastador para os pais, que estão cheios de expectativas. Pais que vivenciaram um aborto precisam trabalhar suas emoções através do processo de luto.

Período de tempo

Antes de voltar ao trabalho, é importante dar tempo a si mesma para curar-se, tanto física quanto emocionalmente após vivenciar um aborto. Negocie com seu chefe sobre não ir ao trabalho pelo tempo que precisar. Considere trabalhar por meio expediente por alguns dias após a volta para facilitar seu retorno aos compromissos. Voltar ao emprego no meio da semana pode ajudar a facilitar a transição, dando uma pausa para o final de semana.

Efeitos

O que você decide contar a seus colegas de trabalho após sofrer um aborto é uma decisão pessoal. Se sua gravidez já estava visível para seus colegas de trabalho saberem que você estava esperando um bebê, você vai precisar contar a eles o que houve. Se você sofreu o aborto antes que seus colegas estivessem sabendo de sua gravidez, pode contar a eles individualmente, dependendo do que seja mais confortável para você.

Escreva um e-mail para amigos e colegas de trabalho se você sentir que precisa justificar sua ausência. Explicar que sofreu um aborto pode poupá-la de ter que falar sobre o assunto várias vezes quando você retornar ao trabalho.

Benefícios

Voltar ao trabalho depois que você tiver se curado fisicamente de um aborto pode ajudá-la a tirar o foco da sua perda, pelo menos por um curto período de tempo. Os amigos e colegas de trabalho podem oferecer um sistema de apoio além do seu esposo, que provavelmente também está sofrendo com a perda. Aceite ajuda quando oferecida. Não sinta como se você tivesse que sofrer sozinha.

Evolução

O tempo pode não curar todas as feridas, mas ameniza a dor. Enquanto você sempre sentirá pelo bebê que perdeu, nem sempre a sua dor será de maneira tão aguda. Permita que os outros relacionamentos em sua vida sejam fortalecidos à medida que seus amigos e colegas de trabalho ajudam você a lidar com sua dor e voltar ao emprego.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível