×
Loading ...

Dieta do tipo sanguíneo: B positivo

Jupiterimages/Brand X Pictures/Getty Images

Introdução

No livro A Dieta do Tipo Sanguíneo, lançado em 1996, o autor e médico americano Peter James D’Adamo explica que os diferentes grupos sanguíneos não processam a comida da mesma maneira. Por isso, cada pessoa deve selecionar os alimentos de acordo com o que o seu organismo aceita melhor, o que pode proporcionar mais saúde, diminuir o risco de certas doenças e restaurar o equilíbrio natural do corpo. A dieta do tipo B é bastante variada, além de ser o único grupo que aceita bem os laticínios. Para esse tipo sanguíneo, o glúten em produtos derivados do trigo pode não ser benéfico, sendo recomendável não consumi-lo. Veja a seguir os alimentos que quem possui sangue do tipo B deve preferir ou evitar.

Jupiterimages/Photos.com/Getty Images

Qual é o seu tipo?

Concentradas em temas de seu interesse mas dispersas nos demais assuntos, as pessoas que têm o sangue B são sensíveis e amorosas. Não gostam de ser controladas e valorizam sua liberdade, de forma que eventualmente podem ter problemas no ambiente profissional. Não são muito organizadas e não lhes agrada seguir regras sociais. São inteligentes e estão sempre pesquisando novas respostas para suas dúvidas. Gostam muito de si, perseguem seus ideais e seguem seu próprio ritmo.

Stockbyte/Stockbyte/Getty Images

Grupos de alimentos

Os alimentos podem ser divididos em três categorias: carboidratos, proteínas e lipídeos. Os carboidratos são nossa fonte principal de energia, formam a base da dieta ocidental e são encontrados em vários alimentos, como cereais e massas. As proteínas são fontes secundárias de energia e podem ser obtidas principalmente em carnes. Os lipídeos, ou gorduras, são outra fonte de energia importante que participa da formação do panículo adiposo de nosso corpo.

Alexandra Grablewski/Lifesize/Getty Images

O que preferir

Considerando os alimentos que são bons para o grupo sanguíneo do tipo B, as carnes vermelhas devem ser de carneiro, cordeiro, coelho ou veado. Os peixes e frutos do mar podem ser o bacalhau, salmão, truta, caviar e sardinha. O tipo B pode ingerir derivados do leite como iogurte, o próprio leite, mussarela, ovos e ricota. Frutas como abacaxi, ameixa, banana, mamão e uva vão bem. As verduras devem ser de preferência a beterraba, o brócolis, a cenoura, a couve e o repolho. Cereais e massas podem ser arroz integral, aveia e o pão de aveia.

Stockbyte/Valueline/Getty Images

O que evitar

Os alimentos que devem ser evitados pelo grupo sanguíneo B positivo são: carnes de frango, pato, porco e presunto. Os frutos do mar como anchova, camarão, caranguejo, lagosta, marisco, ostra, polvo e mexilhão não devem estar presentes na dieta. Derivados do leite com muita gordura, como queijos e sorvetes, também devem ser evitados. Carambola, caqui, coco e romã são as frutas que não devem estar presentes na sua alimentação. Verduras como alcachofra, tomate, milho verde e azeitona não devem ser ingeridos pelo tipo B positivo. O arroz selvagem, farinha de trigo, milho e centeio são os tipos de cereais e massas que também devem ser evitados.

Hemera Technologies/AbleStock.com/Getty Images

Para quem quer emagrecer ou engordar

Você pode escolher os alimentos de acordo com a sua proposta de dieta. Por exemplo, se você está querendo emagrecer, ovos, leite e derivados com baixo teor de gordura, carne, verduras e chá de alcaçuz estimulam a perda de peso. Além dessas dicas, também devem ser seguidos os outros cuidados gerais como ingerir bastante água, comer de três em três horas e evitar refeições muito abundantes. Se o objetivo é aumentar o seu peso, milho, trigo, lentilhas, amendoins e gergelim vão ajudar você a ganhar alguns quilinhos.