Como examinar ouro em uma pedra

••• Wikimedia Commons, Sebastian Socha

Imagine-se vagando em um leito em um dia quente de verão, olhar para baixo e ver uma substância similar ao ouro brilhando na lama ao redor de seus pés. Seria possível que realmente fosse ouro? Substâncias como mica e pirita de ferro, também conhecidas como ouro de tolo, se parecem muito com o de verdade para um prospector amador.

Como examinar ouro em uma pedra

Passo 1

Examine a pedra à sombra ao invés da luz do sol. Ouro verdadeiro ainda terá um brilho amarelo, mesmo em uma sombra, enquanto o ouro de tolo não. Se não houver nenhuma área sombreada, feche as duas mãos juntas e coloque a pedra antes de examiná-la.

Passo 2

Tente cortar a substância com uma faca de manteiga. Ouro real é muito maleável e pode ser cortado de forma relativamente fácil. Ouro de tolo irá lascar ao tentar cortá-lo. Alternativamente, se suas unhas forem longas o suficiente, cutuque a área com sua ponta. O verdadeiro será amassado por essa ação, mas o falso lascará.

Passo 3

Examine a pedra sob uma lupa. Se o material parecer esquisito, então é mais provável que o ouro não seja real. O verdadeiro parecerá mais com uma bola do que um floco.

Passo 4

Coloque uma gota de ácido muriático sobre as áreas da pedra que procurar ouro. Se ele for verdadeiro, nada acontecerá. No entanto, se a superfície da pedra começar a formar espuma e, eventualmente, a substância dissolver-se, estará lidando com ouro de tolo.

Passo 5

Contate o departamento de geologia em sua faculdade ou universidade local se estiver inseguro. Um geólogo será capaz de olhar para a pedra a uma certa distância e determinar se ela contém ouro.

Mais recentes

×