×
Loading ...

Como os seres vivos se reproduzem?

Os seres humanos têm fecundação e desenvolvimento embrionário internos. (Barry Austin/Photodisc/Getty Images)

Entendendo a reprodução

Reprodução é o processo pelo qual novos seres vivos são criados. Pessoas, animais, plantas, e até mesmo bactérias, se reproduzem. Existem dois métodos pelos quais os seres vivos se reproduzem — assexuado ou sexuado. A reprodução assexuada permite que um ser se reproduza sem um segundo membro da mesma espécie, enquanto a reprodução sexual requer material genético de dois diferentes membros da espécie, geralmente, mas nem sempre, um macho e uma fêmea. Existem algumas espécies raras que têm a capacidade de se reproduzir tanto sexualmente quanto assexualmente.

Loading...

Reprodução sexuada

Na reprodução sexuada, a espécie pode ser anisogâmica ou isogâmica. Na reprodução anisogâmica, há dois pais, geralmente macho e fêmea. Para se reproduzir, ambos contribuem para formar um gameta, ou uma célula reprodutiva, contendo um haploide, ou um conjunto único de cromossomos, que formarão os descendentes. Cada gameta provém metade do material genético dos descendentes. Muitos animais, incluindo humanos, se reproduzem dessa forma. Os machos produzem esperma, que fertiliza o óvulo da fêmea, dentro de seu corpo, durante o processo da relação sexual. O ponto no qual o óvulo é fertilizado é chamado de concepção. A união de dois gametas resulta em uma nova célula, chamada zigoto. Essa célula se divide continuamente, implantando a si mesma no útero da fêmea, e desenvolvendo o que será conhecido como um embrião e, mais tarde, um feto. Ele é nutrido e cresce no útero através do que se chama de período de gestação. Esse tempo varia nos diferentes animais. Quando o desenvolvimento está completo, o processo de nascimento permite que a fêmea libere o bebê que cresceu dentro dela, para que ele possa viver e crescer sozinho. Os humanos também podem fertilizar seus óvulos externamente, através de um processo chamado fertilização in vitro. Alguns animais, particularmente os que vivem na água, fertilizam seus óvulos externamente, liberando o esperma e óvulos na água, onde eles se unem e se fertilizam. Pássaros e répteis fertilizam seus óvulos internamente, e então põem ovos, nos quais a criatura se desenvolve, e então é chocada. Plantas com flores também se reproduzem sexualmente, por um processo chamado polinização. No entanto, dependendo da planta, ela pode se auto-polinizar, ou realizar a polinização cruzada.

Reprodução assexuada

Na reprodução assexuada, um ser vivo pode se reproduzir sem receber células de outro ser. Todos os cromossomos vêm de um único pai, fazendo com que os descendentes sejam similares ou idênticos em estrutura genética. Organismos que se reproduzem assexuadamente incluem, mas não se limitam a, bactérias, bolores, levedo e algumas plantas. A fragmentação significa que um ser vivo é dividido em fragmentos, que se tornam clones do ser original. Bolores e estrelas-do-mar são exemplos de organismos que se reproduzem através da fragmentação. A divisão binária ocorre quando uma célula se divide em duas partes. Esses organismos podem não ser geneticamente idênticos. As bactérias se reproduzem dessa forma. A formação de esporos é outra forma de reprodução assexuada. De acordo com a Enciclopédia New World (Novo mundo), um esporo é uma estrutura reprodutiva adaptada para a dispersão e sobrevivência por períodos de tempo extensos em condições não favoráveis. Quando as condições são favoráveis, o esporo pode se desenvolver em um novo organismo haploide usando a divisão mitótica.

Loading...

Recursos

Loading ...
Loading ...