Como verificar uma bomba para poços profundos defeituosa

••• Jupiterimages/Comstock/Getty Images

Bombas submersas ficam abaixo do nível da fonte de água subterrânea. Muitos componentes fazem a bomba funcionar. Por exemplo, um interruptor elétrico de pressão liga e desliga a bomba, e algumas delas utilizam um relé que adiciona um impulso extra ao motor elétrico submerso. Uma válvula de retenção fica no topo do compartimento da bomba, retendo a água dentro do encanamento. Verificar uma bomba submersa com mau funcionamento envolve inspecionar esses itens e o poço.

Passo 1

Verifique se o sistema da bomba de água recebe energia elétrica. Ligue e desligue o disjuntor algumas vezes para ter certeza de que ele não está desarmado. Se a alimentação elétrica utiliza fusíveis, troque-os.

Passo 2

Obtenha acesso ao topo do poço. Remova a cobertura dele de acordo com o tipo de compartimento. Poços de diferentes tipos possuem vários métodos de fechamento da boca do poço.

Passo 3

Verifique se há água no poço. Com uma lanterna, direcione a luz para o fundo do poço. Caso veja que a água cobre a bomba submersa, há água suficiente. Se for possível ver o compartimento da bomba, o poço está seco e precisa se recuperar.

Passo 4

Verifique o interruptor de pressão do sistema. Ele está localizado próximo ao tanque de pressão e é ligado ao encanamento da bomba. Desligue a energia elétrica do sistema de água. Remova a cobertura plástica cinza do compartimento do interruptor rodando o parafuso superior no sentido anti-horário, com o alicate de canalizador. Levante a cobertura do interruptor. Verifique os contatos elétricos que conduzem a eletricidade até a bomba ou relé. Caso eles estejam fechados, abra os discos com funcionamento por mola. Se os contatos estiverem muito rachados ou enegrecidos, o interruptor de pressão pode estar danificado e precisa ser trocado. Se os contatos estiverem presos na posição aberta, tente ativá-los e desativá-los algumas vezes. Ative a energia elétrica.

Passo 5

Verifique o capacitor do relé, caso o seu sistema possua um. Siga os fios a partir do interruptor de pressão do sistema. Se eles forem para uma caixa cinza em alguma parede próxima, você possui um relé. Desligue toda a energia elétrica. Abra a caixa cinza removendo o parafuso da parte inferior do compartimento. Você verá um capacitor cilíndrico e um relé quadrado. Verifique se o capacitor possui sinais de vazamento ou inchaço da carcaça. Se algumas dessas condições forem encontradas, o capacitor está com defeito e precisa ser substituído.

Passo 6

Verifique todos os fios e parafusos dos terminais das conexões dentro do relé da bomba. Aperte os parafusos com uma chave de fenda, caso encontre fios folgados. Feche o compartimento do relé e ligue a energia elétrica. Se a bomba continuar inoperante, pode haver algum problema nela.

Passo 7

Conecte os terminais do ohmímetro. Certifique-se de que toda energia elétrica para o sistema da bomba está desativada. Insira o terminal vermelho no conector do ohmímetro referente a "ohms". Introduza o terminal preto no conector "com" do ohmímetro. Coloque o seletor frontal em "X1 ohm". Encoste as pontas metálicas dos terminais. O visor deve mostrar a leitura de 0 (zero) ohms.

Passo 8

Verifique a resistência do sistema usando o ohmímetro. Encontre os fios que vão até a bomba submersa dentro do poço. Normalmente, o sistema possui três fios: um vermelho, um preto e um amarelo, todos isolados. Encoste o terminal vermelho do ohmímetro no fio vermelho e o terminal preto no fio preto. O visor deve mostrar alguma resistência. Caso a leitura seja "inf", ou ohms infinitos, a bomba está com defeito ou os fios dentro do poço estão partidos. Se o medidor indicar resistência, remova o terminal preto do fio preto e coloque-o no fio amarelo. Se o ohmímetro não indicar resistência, os enrolamentos de partida da bomba estão com defeito ou o fio está partido.

Mais recentes

×