Mais
×

Como abordar seus pontos fortes e fracos em uma entrevista de emprego

Todos possuem pontos fortes e fracos. É comum que algumas pessoas tenham dificuldade em explicar suas fraquezas, com medo de que isso possa prejudicar a sua chance de conseguir um emprego. Embora você possa não gostar de falar sobre suas fraquezas, o entrevistador está mais interessado em ver como você responde à pergunta do que na resposta de fato. A melhor forma de abordar seus pontos fracos e fortes é apresentá-los honestamente e sempre destacar a parte positiva.

Instruções

Fale sobre seus pontos fortes e fracos honestamente, se concentrando nas partes positivas (Comstock/Comstock/Getty Images)
  1. Escolha os pontos fracos que serão abordados antes da entrevista. Pedir para descrever os pontos fortes e fracos é padrão, assim como perguntar como você se vê em cinco ou dez anos. Embora algumas opções de pontos fracos possam parecer boas, elas são normalmente previsíveis, como trabalhar muito ou se importar demais. A menos que você dê exemplos específicos, essas respostas clichês não farão nenhum bem a você.

  2. Escolha seus pontos fortes essenciais com base na demanda do cargo. Rascunhe algumas respostas e faça uma lista curta com não mais do que três pontos. Não escolha respostas clichês, como trabalhar bem em equipe ou se comunicar bem. Os entrevistadores já ouviram tudo isso antes. Em vez disso, esteja voltado especificamente para o trabalho, como habilidades baseadas em conhecimentos ou liderança. Ensaie suas respostas antes da entrevista.

  3. Explique como você está trabalhando para superar seus pontos fracos ou as ações que você tomou para corrigi-los. Um ponto fraco pode ser a incapacidade de escrever frases gramaticalmente corretas de forma consistente, o que prejudica a sua credibilidade na hora de mandar documentos de projetos para superiores. Se tiver feito cursos, fale o que você fez para se aprimorar. Também acrescente, se for verdade, que você mantém na equipe alguém que seja bom nessa área, para ajudar a revisar todos os documentos.

  4. Escolha um ponto fraco e o transforme em ponto forte. Para a maioria das pessoas, as fraquezas podem ser os pontos fortes e vice-versa. Por exemplo, você poderia descrever como um problema comum que as pessoas têm com você é a sua objetividade e o fato de que é brusco com elas. No entanto, você poderá transformar esse problema em um ponto forte, explicando que isso permite que se evite longas explicações ou a possibilidade de a conversa se tornar algo inútil. Isso possibilita o rápido retorno ao trabalho e o uso eficiente do tempo. O resultado é o aumento de sua produtividade, juntamente com a qualidade.

  5. Fale sobre seus pontos fortes sem contar vantagens. Se você aumentou as vendas em 30% em pouco tempo, explique como os pontos fortes possibilitaram que isso acontecesse. Se foi a sua capacidade de cultivar relacionamentos e encontrar novos clientes, destaque isso. Não se concentre na conquista – você poderá fazer isso mais tarde se alguém pedir para que fale sobre isso –, mas no que permitiu que você conquistasse essas metas. Estes serão seus pontos fortes.

Dicas

  • Sempre dê exemplos. Se não puder sustentar sua reivindicação, as palavras serão vazias.
  • Mantenha os pontos fracos ao mínimo. Se o entrevistador pedir para dar três pontos, forneça apenas três. Se não for especificado, somente um ou dois está bom.
  • Quando falar sobre os pontos fracos, não os relacione à função para a qual está se candidatando o quanto puder.
Cite this Article A tool to create a citation to reference this article Cite this Article