Abutres na Savana Africana

Escrito por andrew cowie | Traduzido por diego morais
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Abutres na Savana Africana
Abutres africanos são parte da família dos Accipitridae (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Abutres na África são parte da família de abutres do velho mundo, uma espécie de ave diferente dos abutres da América do Norte. Eles fazem parte da família dos Accipitriade, oposta a dos norte-americanos, que são da família dos Cathartidae. Oito espécies de abutres vivem na África, e sete deles vivem em regiões da Savana Africana.

Outras pessoas estão lendo

Abutres Africanos de Costa Branca.

Abutres Africanos de Costa Branca é a espécie mais comum de abutres na África. Eles se encontram no continente. Seus nomes derivam de uma plumagem branca que eles têm em suas costas. Eles se alimentam de um jogo primitivo, de hipopótamos e elefantes. Mais de 200 abutres simultaneamente se alimentar de carniças de grandes animais. Fora das Savanas, eles também são encontrados em planícies e na região dos desertos.

Abutres na Savana Africana
Os Abutres de costa branca são frequentemente encontrados no norte do continente Africano e em planícies e desertos. (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Ruppel`s Griffon

Um Ruppel`s Griffon, também chamado de Abutre Ruppel, é um dos abutres mais comuns na África, seguido pelo de cabeça-branca. Ele tem como característica uma plumagem preta e marrom, com uma pequena porção branca na sua cabeça e pescoço. Essa espécie depende completamente de encontrar grande quantidade de carniça. O Abutre Ruppel é uma espécie de ave sociável e vive em colônias com mais de 200 membros.

Abutres na Savana Africana
O Abutre Ruppel é uma espécie ave que necessita encontrar uma grande quantidade de carniça para sobreviver (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Abutre-real

Um abutre-real é facilmente identificado por sua cabeça rosada e dobras no seu pescoço. Ele não depende de carniças, comem formigas, e ocasionalmente, terminam atacando colônia de flamingos. Abutres-Real são aves solitárias, e vivem sozinhas ou em pares. Restam, aproximadamente, apenas 8.500 aves na natureza.

Abutres na Savana Africana
O abutre-real não depende de carniças, comem formigas e também flamingos (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Cabeça branca

O Abutre de Cabeça branca e uma ave de tamanho médio com um bico com coloração proeminente e com cabeça branca o que contrasta com eu seu corpo preto. Ele voa mais baixo do que a maioria dos abutres, que o permite alcançar as presas de primeira, de acordo com o web site Bird Life International. A população esta desaparecendo, existe uma estimativa de que sua população atual seja de 7.0000 a 12.5000.

Abutres na Savana Africana
O abutre de cabeça branca e a espécie que voa mais baixo o que facilita a captura da presa (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Egípcio

O Abutre Egípcio tem esse nome por geralmente aparecer nas paredes de antigos Túmulos egípcios. Essa espécie desenvolveu uma habilidade única para usar ferramentas; Eles usam varas e pedras como projéteis para racharem e abrirem ovos. Abutres egípcios podem ser identificados por terem penas brancas proeminentes, que contrastam com o preto da ponta das suas asas.

Abutres na Savana Africana
Os abutres Egípcios (Anup Shah/Photodisc/Getty Images)

Abutres das Palmeiras

Abutres das Palmeiras tem uma forma única de se alimentar, principalmente de matéria vegetal, ao contrário de outras aves. Eles comem peixes e caranguejos, e, ocasionalmente, também comem carniça. Esta espécie tem a plumagem branca com asas e penas na cauda pretas muito distintas. Os Abutres das Palmeiras vivem em qualquer lugar que possa ser encontrado palmeiras de óleo, o que inclui a Savana Africana.

Abutres na Savana Africana
Os Abutres das Palmeiras se alimentam basicamente de material vegetal e ocasionalmente de carniças (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

Encapuzado

Abutre de capuz é uma espécie de abutre pequena. Estes podem ser identificados tanto pelo seu tamanho pequeno quanto pela sua pele facial avermelhado-rosada. Embora eles vivam nas savanas, a maioria vive no deserto e em torno de assentamentos humanos, procurando por alimento do lixo. Devido ao seu tamanho pequeno, eles são os últimos a comerem, visto que, devem esperar que os abutres maiores comam as carniças primeiro, para então, finaliza-las.

Abutres na Savana Africana
Os Abutres de Capuz são os de tamanho menor e os últimos a se alimentarem das carniças (Jupiterimages/Photos.com/Getty Images)

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível