O que acontece com sedimentos transportados até o delta de um rio?

Escrito por nicola jones | Traduzido por gabriela vilas boas ornelas
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
O que acontece com sedimentos transportados até o delta de um rio?
Um delta de um rio (Photos.com/Photos.com/Getty Images)

Um delta é formado quando um rio deposita sedimentos, como cascalho, silte, areia e pedras na foz do rio. O rio fica mais lento antes de entrar em um corpo d'água maior, tornando mais fácil a deposição dos sedimentos. Estes sedimentos são chamados aluviões. Uma vez que o delta é formado, ele não é erodido ou destruído pela água corrente, porque mais sedimentos estão constantemente sendo adicionado a ele.

Outras pessoas estão lendo

Forma do delta

A forma do delta é determinada pelos sedimentos, bem como pela força do rio contra as marés, ondas e correntes do oceano. Quando uma grande quantidade de sedimentos é transportada por defluentes ao delta, a deposição fluvial é forte, o que resulta em um delta parecido com um pé de pássaro; o delta do Mississippi, nos EUA, é um exemplo. Onde há fortes correntes e marés que não permitem que os canais defluentes depositem mais sedimentos no delta, um delta arqueado é formado, como o delta do rio Nilo. Quando os sedimentos são espalhados em ambas as direções, formando bandos de areia paralelos à direção da maré, um delta angular é formado, como o delta de Mekong.

Defluentes

À medida que mais sedimentos são transportados para o delta, especialmente durante as cheias, o rio principal é esmagado pela carga de sedimentos. Esta enorme quantidade de sedimentos reduz a velocidade do rio, dividindo-o em defluentes que lentamente levam o rio ao delta. Às vezes, depósitos arenosos podem bloquear os defluentes, tornando-os inativos, enquanto outros defluentes permanecem ativos e se ramificam por toda a superfície do delta.

Crescimento do delta

À medida que o rio se encontra com a água estática de um mar ou oceano, sua velocidade diminui, fazendo com que os sedimentos pesados sejam depositados, enquanto os sedimentos finos continuam sendo carregados pela água. Esses sedimentos finos são depositados no delta, criando uma sucessão bancos. Os sedimentos de silte e argila forma os bancos inferiores, enquanto cascalho e areia depositados junto à foz do rio formam corpos inclinados, chamados de bancos médios. Cascalho e areia grossos são depositados sobre a superfície do delta para formar as os bancos superiores. Esta deposição contínua do material transportado pelo rio contribui para o crescimento do delta à medida que continua avançando para dentro da água. Esse crescimento do delta já levou à divisão de um lago. Por exemplo, os lagos Bassenthwaite e Derwent, situados no English Lake District, eram inicialmente um lago que foi separado pelo delta do rio Derwent.

Implicações

Deltas formam áreas férteis adequadas para o cultivo de plantações, como o delta do Mississippi, em Louisiana. O crescimento interno do delta é resultante da deposição de sedimentos pelos defluentes. Os sedimentos depositados no delta são férteis, uma vez que são trazidos pelo rio de diferentes áreas durante as inundações.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível