Como aliviar a constipação no pós-operatório de laparotomia

Escrito por janey lewis | Traduzido por bruna latronico
  • Compartilhar
  • Tweetar
  • Compartilhar
  • Pin
  • E-mail
Como aliviar a constipação no pós-operatório de laparotomia
A constipação é comum após cirurgias que manipulem o abdome (Stockbyte/Stockbyte/Getty Images)

O termo laparotomia se refere a qualquer cirurgia que envolva a abertura do abdome e é frequentemente feita sob anestesia geral. Uma exceção é a famosa cesariana, durante o parto, que permite que a mãe fique acordada sem sentir dor. A constipação, a inabilidade de evacuar ou a presença de fezes endurecidas durante a evacuação são problemas extremamente comuns após esse tipo de cirurgia e acontecem por diversos motivos. Essas podem ser situações desconfortáveis e até mesmo dolorosas no pós-operatório, portanto é bom saber que existem várias maneiras de aliviar o estresse e contornar a situação.

Nível de dificuldade:
Moderado

Outras pessoas estão lendo

Instruções

  1. 1

    Utilize laxantes. Os médicos recomendam o uso de laxantes como primeira linha de tratamento. A maioria deles funciona trazendo a água para o cólon, tornando os movimentos intestinais mais fluidos. Outros funcionam aumentando o peristaltismo intestinal, o que estimula a evacuação. Pacientes cirúrgicos devem discutir com seus médicos sobre qual laxante devem utilizar. Alguns pacientes, com constipação grave, precisarão de prescrição adequada. Outros medicamentos disponíveis para uso são os emolientes, que auxiliam na consistência das fezes, facilitando a evacuação. Supositórios de glicerina também podem ser utilizados para alívio imediato, embora funcionem somente para fezes impactadas no sigmoide ou reto. Esses supositórios agem tanto como emolientes fecais, quanto estimulantes da contração do intestino.

  2. 2

    Beba muitos líquidos. Grandes quantidades de líquidos auxiliam na constipação após a laparotomia. Água e sucos podem ser usados livremente. O papel dos líquidos é adicionar massa e amolecer as fezes, suavizando a evacuação. Os pacientes devem evitar café, refrigerantes e outras bebidas com cafeína ou álcool, porque estas estão associadas à desidratação.

  3. 3

    Movimente-se. A maioria das pessoas não quer se exercitar logo após a cirurgia, mas é essencial que o paciente volte a se movimentar. A inatividade pode levar à constipação porque o intestino delgado e cólon trabalham melhor quando a pessoa é ativa. Os médicos sugerem que a maioria dos pacientes comece a caminhar o mais rápido possível depois da cirurgia.

  4. 4

    Coma fibras. Você pode ficar com uma dieta restrita e supervisionada por alguns dias após a laparotomia, mas a maioria dos pacientes precisa retomar a alimentação saudável o mais rápido que puder. As fibras são as principais inimigas da constipação. Produtos integrais, frutas frescas e vegetais estão cheios de fibras e irão ajudar. Procure ter alimentação balanceada e não se esqueça de incluir carboidratos na dieta.

  5. 5

    Recorra ao tradicional enema. O cirurgião pode recomendar um, caso as outras tentativas não estejam funcionando. O enema injeta água (ou outro líquido) no reto, estimulando o cólon a produzir peristaltismo. O enema pode ser feito no hospital ou em casa, pelo próprio paciente treinado.

Dicas & Advertências

  • Não inicie o uso de laxantes sem prescrição médica.

Não perca

Filtro:
  • Geral
  • Artigos
  • Slides
  • Vídeos
Mostrar:
  • Mais relevantes
  • Mais lidos
  • Mais recentes

Nenhum artigo disponível

Nenhum slide disponível

Nenhum vídeo disponível